segunda-feira, 2 de março de 2015

Queria tanto...

Queria tanto escrever com sorriso
Queria tanto cantar sem chorar
Queria tanto dizer-te o que preciso
Sem te voltar a magoar...

Queria escrever a melhor poesia
Queria tanto ler palavras sem dó
Queria dar o melhor, sem ser fria
Queria tirar da garganta este nó...

Queria tanto pedir perdão
A um coração que tanto sofre
Queria tanto sorrir, ter motivação
E manter-te dentro do meu cofre...

Queria tanto mostrar o que sou
Sem que me julguem por tal frieza
Atrás desta máscara alguém chorou
Por não conseguir escrever sem tristeza.
***
Cidália Ferreira

19 comentários:

  1. Poesia linda, inspiração triste! bjs e ótimo MARÇO pra ti! chica

    ResponderEliminar
  2. Triste mas profundo numa inquietação que ferve em lágrimas no coração
    Nada que não passe dentro da frescura da tua alma...que merece ser muito feliz
    Bom Domingo

    ResponderEliminar
  3. Às vezes há esse tipo de oscilação...
    Como sempre muito bem construído.
    Querida amiga bom domingo.
    Bjs.
    Irene Alves

    ResponderEliminar
  4. Marco Aurélio - Brasil1 de março de 2015 às 15:59

    Querida amiga poeta....
    Isso é que faz a natureza humana tão complexa... querer tanto..querer tudo.... querer poemas, sofreres, querer alegrias.. querer tudo.
    Mas a amiga-poeta foi precisa.... na verdade, queremos mostrar o que somos na íntegra.... sem máscaras, sem mentiras ....
    Menina talentosa e doce... sou teu fã.....

    ResponderEliminar
  5. Que máximo esse poema perfeito, tenha uma semana abençoada
    Curta e siga o meu canal:https://www.youtube.com/watch?v=sg_8KAdIhe8

    ResponderEliminar
  6. Às vezes todo o canto é de voz embargada, todo o canto pode ser pranto escondido, e até os sorrisos podem ser tristes. É o que acontece quando se sente esse nó na garganta.
    Um dos poemas mais belos que já escreveste! Pura inspiração.
    Gostei muito.
    xx

    ResponderEliminar
  7. Oi Cidália,
    Linda e muito triste a sua poesia. Acabei de colocar uma notinha na minha postagem sobre os comentários.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  8. Muito linda e triste amiga Cidália
    bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  9. Querias tanto...mas tanto fazer, ler, escrever e mais que a amargura tomou conta de ti , da tua alma mas inspirou-te divinalmente que elaboraste este lindo poema...que merece nota máxima e onde a repetição "queria tanto" dá um forte impacto á emoçâo...adorei Cidália..um grande abraço para ti

    ResponderEliminar
  10. Show! Adorei seu poema e seu blog.
    Voltarei mais vezes para ler seus textos.

    Meus blogs literários:
    O Poeta e a Madrugada (Contos e Poesia)
    Dark Dreams Project (Contos de suspense e terror)

    Abraços!

    ResponderEliminar
  11. querer é poder...basta tentar, e quem sabe....
    boa semana.
    beijos

    ResponderEliminar
  12. Quando se ama, pode acontecer a tristeza da perda. Mas o amanhã será sempre um novo dia, nascerá uma nova esperança, outro sol brilhará
    Triste mas sentido poema que gostei de ler
    Beijos de admiração poética.

    ResponderEliminar
  13. Querida amiga e grande poetisa Cidália !!!!!!

    Passando por aqui para deixar o meu
    Abraço e carinho e, ao mesmo tempo,
    Deleitar-me com a beleza de seu Blog e
    Conteúdos. Perdoa-me a demora na visita,
    Tenho estado muito atarefado. Quero também
    Desejar-lhe um lindo dia e maravilhosa semana,
    Com muita paz, amor e felicidade em seu
    Coração. É o que lhe desejo!

    Beijos de luz !!!!!!!!

    POETA CIGANO – 02/03/2015

    http://centelhaspoeticas.blogspot.com

    “Meus Sonhos e Devaneios Poéticos”




    Obs: Se ainda não pegou, no lado direito
    Do meu Blogue, no “Presentes para os amigos”,
    Tem um mimo para seu belíssimo Blogue.
    “ESTE BLOGUE VALE OURO”. Basta
    Copiá-lo (Capturá-lo) para seus arquivos ,
    Salvá-lo e colá-lo em seu Blogue. Você é uma
    Amiga especial e me sentiria honrado.

    ResponderEliminar
  14. Cidália, você escreve/sente coisas lindas!!
    Adoro aqui!"

    Beijoo'o

    ResponderEliminar
  15. Que a felicidade de sequestre e não peça resgate rs...

    bjokas -=)

    ResponderEliminar
  16. Uma poesia triste mais intensa, Cidália beijos.

    ResponderEliminar
  17. Oh, meu Deus! Que lindo! Tocou-me! Parabéns. Beijios mil... e canção a passar também é linda.

    ResponderEliminar
  18. Triste sim... Mas belíssima tua inspiração, Cidalia.
    Como sempre!
    Beijos,
    Mariangela

    ResponderEliminar