terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Vesti a nudez em seda pura

Vesti a nudez de seda pura
Para a lua eu agradar
Sai à rua em noite fria
Não encontrei as estrelas
Nem a lua a brilhar,
Apenas em noite escura
Onde faltava a magia
Ouviam-se ecos ao longe
Espalhavam-se em meu redor
Reflexos em seu esplendor,
Nesta veste
 De luxuria e transparente
Que me enlouquece
Esta minha  triste  mente,
Vesti a nudez em pura seda
Para agradar ao meu amor
E lua já não estava
As estrelas tinham partido
Apenas o que brilhava 
Era o reflexo do teu sorriso.
***
Cidália Ferreira

21 comentários:

  1. Arte e beleza poética num poema cheio de charme e... alguma saudade.
    Lindo sem duvida alguma
    Beijo

    ResponderEliminar
  2. Lindo e magistral poema amiga Cidália,com uma pequena sensualidade.
    Adorei.
    bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  3. Admirável poema escrito em palavras simples mas muito profundas e a irradiar sentimento
    Beijinho de muito longe

    ResponderEliminar
  4. Intenso e sensual poema!

    Adorei!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  5. Há lá coisa melhor do que a nudez de um sorriso?

    Belo!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Lindo, amiga, gostei e e registo....

    E se linda é a nudez
    Em toda a sua candura
    Tão bela será a seda
    Que com sua transparência
    Nos mostra tanta doçura.

    Obrigado por estes belos momentos. Beijinho

    ResponderEliminar
  7. Adorável desnudar poético, Cidália.

    Abraço!

    ResponderEliminar
  8. Se ficou o sorriso dele, nada mau... as estrelas podem ir, então!
    Belo poema, Cidália! Muito sensual e com uma imagem muito bonita!
    xx

    ResponderEliminar
  9. A Cidália deixa-me sem palavras com uma poesia sensual.
    Linda gostei.
    Bjs

    ResponderEliminar
  10. Que magia e sensualidade dominante neste poema! A imagem está fascinante...aquele esvoaçar da seda pura pela nudez! Belíssimo poema Cidália. como sempre as tuas partilhas são fabulosas..beijinho grande e noite feliz

    ResponderEliminar
  11. Lindo, simplesmente lindo! Amei ler a sua poesia e a imagem está espetacular!
    Seda, adoro seda!
    Beijos linda amiga!

    ResponderEliminar
  12. Oi Cidália,
    Lindo poema com a lua
    Ficou maravilhoso e sensual.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  13. Boa Noite amiga , Cidália.
    Seus poemas todos são lindos e envolvente
    a cada verso uma explosão de sentimentos...
    Beijos e meu carinho.
    Evanir.

    ResponderEliminar
  14. Eita! Esse poema foi demais,querida amiga Cidália.

    Vesti a nudez de seda pura_Título maravilhoso,como seu poetar sobre o amor e a paixão.

    Obrigada pela visita,volte sempre!


    Beijos e uma semana de alegrias

    Donetzka

    Face Book:

    https://www.facebook.com/donetzka.cercck

    Twitter: @donetzka13

    Instagram: @donetzka


    http://instagram.com/donetzka


    Youtube (Meu canal):

    http://www.youtube.com/channel/UCnVpBs2C-vL6fd1BaRH3lrA/about


    Blog Magia de Donetzka

    ResponderEliminar
  15. As grandes poetizas vêem-se nas palavras simples em que a sua sensibilidade é a nudez da alma que deixam transcrever na sua poesia. Este poema é bem a imagem dessa sensibilidade e grande za de coração. Lindo de ler
    Abraço

    ResponderEliminar
  16. Quanta sensualidade, gostei rs...

    bjokas =)

    ResponderEliminar
  17. se havia o reflexo de um sorriso, então tudo valeu a pena....

    :)

    ResponderEliminar
  18. Oi Cidália, que poema maravilhoso e repleto de sentimentos!
    Beijos,
    Mariangela

    ResponderEliminar
  19. Olá, linda poesia no seu mais alto romantismo, valeu e sempre vai valer a pena sentir o reflexo do sorriso, sua sensibilidade é encantadora.
    AG

    ResponderEliminar