quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Saí desesperada, pela tua procura...


Saí desesperada, pela tua procura
Dos nossos momentos de outrora
Caiam pingos gelados em bravura
Sentimentos puros de quem chora

Meu pensamento é louco de ilusão
Que guarda palavras que amargam
Fazem morada, deixa a recordação
Que machuca, por vezes me cegam

No meu desespero em que procuro
Deixo o coração afastado do escuro
Recolho-me, para que te possa ver

No vaguear da mente em que sonho
Espero pelo momento  mais risonho
Em que te possa encontrar sem sofrer.
***
Cidália Ferreira

23 comentários:

  1. Arrasador em textura e beleza poética
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  2. Muito linda, sempre assim aqui! Adorei! bjs,chica

    ResponderEliminar
  3. Gostei, como sempre acontece, e também gostei da imagem, beijo amiga

    ResponderEliminar
  4. Oi Cidália,
    Uma linda poesia com reservas de tristezas.
    Maravilhosa
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  5. Uma procura por quem tanto desejamos.... muito lindo. Bjussss

    ResponderEliminar
  6. Às vezes temos tendência a procurar o que está mesmo à nossa frente, e que mesmo assim não se encontra lá!
    Belo poema.
    xx

    ResponderEliminar
  7. Que lindo poema, ah, amar, sempre é bom, mesmo que se sofra, melhor do que nunca amar!
    Amei ler aqui amiga poetisa!

    ResponderEliminar
  8. Numa procura desenfreada pelo teu amor, surgiu uma inspiração divina e um poema matavilhosamente elaborado.Como sempre, as tuas palavras são profundas e belas mesmo notando-se uma certa tristeza...adorei Cidália...continua a brilhar neste blog...um grande abraço

    ResponderEliminar
  9. Mais um belo poema ao amor.
    Parabéns amiga e que esses sonhos nunca acabem, pois trazem-nos alegria e faz com que nos sintamos vivos !!!!
    Feliz quinta feira e uma doce noite....beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Que lindo Cidália! Parabéns pela bela criação. Beijos

    ResponderEliminar
  11. Mais um lindo e profundo poema, alias nossos sentimentos quando vividos intensamente sempre serão profundos. Bjs

    ResponderEliminar
  12. Que linda imagem Ci, combinou com as lindas palavras transcritas. Um poema maravilhoso, que confesso bateu fundo na alma.
    Beijooos!!!

    ResponderEliminar
  13. Fantástico o teu poema minha amiga, sempre a saudade...Também sempre belos.
    Continua inspirada, embora este tempo não ajude.

    Um beijinho e um maravilhoso fim de semana.

    ResponderEliminar
  14. oi Ci

    Amor e sofrimento não é uma combinação perfeita.
    Se tem amor não pode ter sofrimento, pq o amor é leve, bonito o amor tira nossos pés do chão. O amor é o maior sentimento do mundo, o mais bonito e o mais forte.

    bjokas =)

    ResponderEliminar
  15. É maravilhoso vir a este blog, e ler poemas tão lindos como este.
    Bjs

    ResponderEliminar
  16. Olá Cidália
    Que aconteça o maravilhoso encontro. Bjs amiga.

    ResponderEliminar
  17. A ânsia do querer quase sempre leva ao desespero; lindo soneto, cara poetisa.

    ResponderEliminar
  18. Que maximo amei o poema, Curta e siga o meu canal:
    https://www.youtube.com/watch?v=sg_8KAdIhe8

    ResponderEliminar
  19. Uma procura desesperada mais quando encontra o amor é maravilhoso, Cidália beijos.

    ResponderEliminar
  20. A vida é eterna busca, da felicidade, do amor.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  21. Que o momento tão esperado seja pleno de felicidades.
    Lindo poema.
    Beijos,
    Mariangela

    ResponderEliminar