terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Correm águas turbas num sentido

Correm águas turbas num sentido
Esconde-se o sol que parece triste
Neste lugar sereno que foi abrigo
Do vento que neste canto persiste
.
Um lugar de outrora onde eu cresci
Quando via águas furiosas saltando
Levando a natureza, eu não esqueci
Quando sem permissão iam chegando
.
Corre, em forma lenta e já cansado
No ontem a sua essência era bravia
Neste rio dos amores, e apaixonado
Dos meus olhos, visitado neste dia
.
Quando noutro tempo o tormento
Eram as águas furiosas sem limite
Admiro atentamente e com tempo
A minha Cidade que paz transmite.
***
Cidália Ferreira

15 comentários:

  1. Que bom quando encontramos a paz! Linda poesia! bjs, chica

    ResponderEliminar
  2. Belo poema à serenidade e à acalmia.
    Gostei.
    Feliz terça feira, amiga...
    Beijinhos !!!!!

    ResponderEliminar
  3. Olhando para a calmia das águas veio à memória a fúria de outrora...inspiraste-te num belíssimo poema, sentindo a paz transmitida pela tua cidade...como sempre a tua alma solta belas palávras que compoem maravilhosos poemas...um grande beijinho amiga e continua assim...sempre uma poetiza de "mãos cheias"

    ResponderEliminar
  4. Marco Aurélio - Brasil16 de fevereiro de 2015 às 22:44

    Poeta... eu tentei ser o primeiro... mas o link não funcionava....
    Tuas palavras correm como um rio... fluidas e lindas.... deixando no ar uma aura de tristeza...
    Beijos do admirador!!

    ResponderEliminar
  5. Oi Cidália,
    Poesia lindíssima!
    Parabéns
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  6. Poema cheio de amor, sentimento e carinho.
    Muito bonito
    Beijo

    ResponderEliminar

  7. Águas turbulentas das bons momentos.
    Águas calmas das bonitas recordações.

    Boa semana!
    。ه✿ྋ°•..

    ResponderEliminar
  8. Memorias que não se apagam jamais..
    Muito linda sua inspiração e homenagem para o local em que cresceu.
    bjs amiga Cidália.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  9. Poesia maravilhosa amei a imagens arrasou Curta e siga o meu canal
    https://www.youtube.com/watch?v=1LOCPg0HbTA

    ResponderEliminar
  10. a serenidade neste poema, emanada pela cidade ...
    muito bonito!
    :)

    ResponderEliminar
  11. Lindo poema, amiga Cidália. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma linda semana.

    ResponderEliminar
  12. Boa tarde, poema lindo com as aguas a correrem no caminho certo para desaguar com felicidade. bela musica com a boa voz do Enrique Iglesias.
    AG

    ResponderEliminar
  13. Amo palavras que irradiam sentimentos, e as suas são assim.
    Parabéns pelas lindas palavras.
    Visite meu blog: convivenciacomcristo.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  14. Que lindo CI, o seus transcritos, nesse lindo poema nos transmite paz.
    Beijos.

    ResponderEliminar