segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Acolho-te com todo o carinho...

Acolho-te com todo o carinho
Para te contar meus segredos
Confessar-te que meus medos
São perder-te no meu caminho

Olho-a, com meu triste coração
Emocionado por tal lembrança
Quero guardar com a esperança
Do amanhã, ser boa recordação

Nestas  pétalas peço um desejo
Quero voltar a saborear teu beijo
E sentir, o teu perfume presente

Guardar lembranças e confessar
Que te guardo em especial lugar
Com o meu coração tão carente.
***
Cidália Ferreira

18 comentários:

  1. Em poesia todas as flores viram bem-me-quer, lindo demais ler por aqui, deixo sempre meu abraço bem apertado linda amiga!

    ResponderEliminar
  2. "Guardar lembranças e confessar
    Que te guardo em especial lugar
    Com o meu coração tão carente."
    As vezes o guardar a lembrança, ultrapassa a alma
    Beijos Ci

    ResponderEliminar
  3. Uma poesia linda onde está evidente a carência do teu amor...as recordações dominam o coração e inspiraram palavras muito carinhosas embora pautadas pela tristeza...como sempre e mesmo os mais tristes, os teus poemas são repletos de belas emoções e fazem vibrar quem te lê...muitos beijinhos Cidália e arrebita nesta segunda feira tão melancólica.

    ResponderEliminar
  4. Maravilhosa poesia e inspiração! bjs, chica e linda semana!

    ResponderEliminar
  5. Guardar com carinho o aroma dessa flor,para não esquecer quem sabe de um amor
    ausente.
    bjs amiga Cidália e uma ótima semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  6. Amor carente em desejos solitários. Duas sensações terríveis da vida.
    Unidos são arma mortífera mas nada que um bom comandante ( coração ) não consiga resolver a contento do sorriso do olhar.
    Triste mas muito bem elaborado.
    Beijo

    ResponderEliminar
  7. Todo o carinho nunca é demais, mas às vezes parece ser difícil chegar ao coração do outro...:-(
    Triste, mas bonito!
    xx

    ResponderEliminar
  8. Lembranças são boas para se viver, Cidália beijos.

    ResponderEliminar
  9. Triste, mas belíssimo poema!! Gostei muito

    Beijos com carinho

    ResponderEliminar
  10. um soneto de esperança.
    saber esperar é um bom meio de conseguir.
    beijinho
    :)

    ResponderEliminar
  11. Marco Aurélio - Brasil23 de fevereiro de 2015 às 20:30

    Uma flor bela que serve de confessora a uma poeta maravilhosa!!!

    ResponderEliminar
  12. Magnifico poema!!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  13. Apaixonado e romântico teu soneto amiga. Bjus e bom dia!

    ResponderEliminar
  14. Uma doce melancolia!
    Sempre tao sensível essa moça poeta!

    Adoro te ler.

    Beijocas.

    ResponderEliminar
  15. Que belo,querida amiga poeta Cidália.

    Sempre tão bucólicos,românticos seus escritos.

    Amo ler tudo o que escreve.

    Obrigada pela visita,volte sempre!


    Beijos e uma semana de alegrias

    Donetzka

    Face Book:

    https://www.facebook.com/donetzka.cercck

    Twitter: @donetzka13

    Instagram: @donetzka


    http://instagram.com/donetzka


    Youtube (Meu canal):

    http://www.youtube.com/channel/UCnVpBs2C-vL6fd1BaRH3lrA/about


    Blog Magia de Donetzka












    .

    ResponderEliminar