segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Prendi-me com teu sereno olhar...

***
Prendi-me com teu sereno olhar  
Doce, meigo, no meu imaginário  
Rola o sentimento que faz chorar  
De alegria, sendo ela o visionário   
. 
Tocamos olhares em pensamentos  
Sonhos, brincadeiras pura fantasia  
Nossos olhos relatam os momentos  
Sedutores imaginários, em ousadia   
. 
Olha-me nos olhos e diz-me se sou  
O teu elixir pelo carinho que te dou  
Meus olhos que sonham te desejam  
. 
No meu mundo imaginário eu sorrio  
Os nossos corações não sentem o frio  
Porque aquecem olhares que se beijam. 
*** 
Cidália Ferreira   

12 comentários:

  1. Que lindo, amo poemas que falam dos olhos, eles são mesmo os espelhos de nossas almas!
    Amiga sempre querida, tenhas uma linda semana, repleta de satisfações, são meus votos!
    Abraços bem apertados!

    ResponderEliminar
  2. Maravilhoso! O poder dum olhar como tema deste poema de hoje! Um olhar reflecte o estado de alma duma pessoa e o seu carácter...foste inspirada pela sua ternura e serenidade...Adorei, porque considero que ele "diz muito" de uma pessoa..um abraço e um feliz dia Cidália

    ResponderEliminar
  3. A importância e magia do olhar entre os amantes.
    Bonito!
    xx

    ResponderEliminar
  4. O olhar diz algo que nas vezes não podemos expressar
    poema perfeito, tenha uma semana abençoada
    Vídeo Novo:https://www.youtube.com/user/NekitaReis/channel
    Blog:http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  5. Que lindo poema Cidália...olhar diz tanto!
    Uma ótima semana amiga.
    Beijo,
    Mariangela

    ResponderEliminar
  6. Quantas coisas um olhar não transmite...

    Beijos, muitos :)

    ResponderEliminar
  7. Lindo e penetrante poema.

    A busca de um olhar perdido
    Numa esperança
    Que não chega
    Faz perder a confiança
    Neste atraiçoado Mundo
    Que nos deixa
    Esta lembrança.

    - Beijinho e boa semana !!!!!

    ResponderEliminar
  8. Estes poemas 'dizem' mais do que se possa imaginar.
    Boa semana e um beijinho.

    ResponderEliminar
  9. "aquecem olhares que se beijam"
    Cidália, querida, ler/sentir teus versos é sempre uma alegria.
    Belo!

    Beijoo'o

    ResponderEliminar
  10. Nosso "mundo imaginário" é detentor de muitas emoções...
    Lindo poema!
    Abraço.

    ResponderEliminar
  11. Olá, Cidália!
    Achei esse teu soneto simplesmente soberbo, e lê-lo com um fundo musical romântico de uma balada italiana bela como essa, o soneto passar a ser inebriante.

    ResponderEliminar
  12. Boa noite, Cidália!

    Que poema maravilhoso, os olhos não os nossos espelhos, adorei!!!

    Quero desejar-te uma excelente semana.
    Beijinhos

    ResponderEliminar