terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Foi um Ano (...)

.
Foi um ano que superei 
A nível da poesia 
Os meus dois livros lancei 
Com vossa ajuda cada dia, 
Surpreendi-me tanta vez 
Com lágrimas e sorrisos  
Com alegria, ou talvez 
Severa dos sentidos,
limpei lágrimas dos tormentos 
Seduzi-vos com palavras 
De doçura e carinho  
Com que escrevi p'ra vocês, 
Aproveitando os momentos 
Devaneios e tantos sonhos 
De minha mente carente 
Tantas vezes na demência, 
Foi um ano de surpresas 
Alegrias e tempestades 
E cá vou continuando 
Ultrapassando dificuldades, 
Ser perfeita não existe 
Nem tão pouco a lindeza 
Mas no meu coração consiste  
Carinho para todos vós 
Que me leram, apoiaram 
E nunca me abandonaram 
Por tantas coisas mais estas 
Mais um ano já passou 
E outros melhores virão 
Pois nesta minha passagem 
Levo-vos no coração! 
 ...Bem vindo 2015 
***
Cidália Ferreira


Vagueando pelo sabor dos nossos beijos.

...///...

Vagueio pelo caminho dos sentidos 
Onde águas fazem parte do segredo 
Num lugar, onde desejos incontidos 
Devoram a minha alma em degredo 

Num encontro, onde tudo é saudade 
Nossos corpos estonteantes e carentes  
De um abraço, quando dado à vontade
Despertam nossos sentidos dementes 

Saudades de te abraçar, naquele lugar 
Num sussurro de um beijo a despertar 
A saudade dos momentos, são desejos  

Sentimentos tão despertos e presentes 
Nossos corpos se tornaram tão ausentes 
Vagueando pelo sabor dos nossos beijos
***
Cidália Ferreira

domingo, 28 de dezembro de 2014

Vem, fazer-me arrepiar

...///...
Vem, fazer arrepiar 
Minha pele louca carente 
Dos teus beijos que sabes dar 
Mesmo longe de toda a gente, 
Vem, toca-me com a leveza 
Dos teus lábios sedutores 
Mostrando toda a pureza 
Que quentes são o desejo 
Vontade de qualquer mulher 
De receber o teu beijo, 
Vem, provoca-me o arrepio 
Com a tua sensibilidade  
Deixa que pareça frio 
Na minha pele em liberdade 
Que com o teu beijar macio
Tira-me desta ansiedade
Vem, vem provocar arrepio
Vem...

****
Cidália Ferreira

sábado, 27 de dezembro de 2014

És minha flor em lago de amor.

És minha flor em lago de amor 
Meu carinho de tanta ternura  
Desejo ardente  em esplendor  
No devaneio da minha loucura 
.

És nas minhas noites, o sonho  
E tortura do meu pensamento 
És o sol que sorri tão tristonho 
És a pétala, amor de momento 
.

És a flor que sorri para mim 
No meu silêncio tão escuro 
És o sentido de  vida, assim 
Lago de amor, porto seguro 
.

No momento que te abraço 
No teu carinho sinto o calor 
Meu coração sente embaraço 
És minha flor em lago de amor.
***
Cidália Ferreira.


quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

FELIZ NATAL PARA TODOS VÓS

....
Neste Natal eu peço tão pouco 
Apenas Família em meu redor, 
Lá fora o mundo anda louco 
Pois não se lembram   
Daqueles que lhe falta o calor 
E a tão pobre refeição, 
Que não passa de uma sopa quente 
Mas que lhe aquece o coração, 
Não sejamos exagerados 
O amanhã pode ser diferente, 
Neste Natal eu peço tão pouco 
Que tenhamos amor e paz 
É o que peço para todos vós
Que este cantinho visitam 
E me deixam com vosso carinho 
E que de Natal a Natal  
Me acompanham no caminho. 
*******
AFINAL... É OUTRA VEZ NATAL 

COM: FAMÍLIA À MESA
HARMONIA
ALEGRIA
SAÚDE
AMOR
E
PAZ
 ...


 Cidália Ferreira