segunda-feira, 31 de março de 2014

Abri o meu coração...


Abriu o meu coração,
Deixei cair uma lágrima,
De impotência,
De saudade, ou mágoa…
Sem saber o que fazer, nem para onde ir,
Onde está a minha força?
Para poder ajudar, 
Quem de mim precisa tanto,
Não a consigo encontrar…
Apenas neste momento,
Tenho o coração em pedaços, a sangrar,
Já não bastava a saudade,
Agora deixas-me assim,
Amargurada, sem nada poder fazer,
Esta distância...
 Que me corrói a alma,
Porque o meu coração,
 Apenas quer entender,
Porquê...?
****
Cidália Ferreira



domingo, 30 de março de 2014

Na plenitude do meu olhar...



Na plenitude do um olhar que alcança saudade
Deste meu rosto afável cansado e irreverente
Que no horizonte se prende a uma só verdade
Quando o coração sofre o rosto nunca mente

Olham para a distância com afeto e ternura
De uma saudade que transcende os limites
São como águas que correm, limpas e puras
Fixando apenas em tudo o que me transmites

No olhar está a saudade, no meu rosto está a dor
Longe está meu coração que sofre só por amor
Desvanecida e cansada deste meu tanto sofrer

Poder olhar e dizer-te, que me sinto tão sozinha
Pela vontade própria, nesta loucura tão minha
À distância, o meu olhar tem saudades de te ver
**********
Cidália Ferreira.

sábado, 29 de março de 2014

Onde andas tu venerado sol

Onde andas tu meu venerado sol
Que te procuro por todos os cantos
És teimoso, acanhado, qual girassol
Que germina em áridos campos

Estamos esperando tua luz, cansados
Porque já vai longo o frio inverno
Nossos sentidos se sentem saturados
Do desnorteio do tempo, feito inferno

Sofrem as árvores as plantas, e as aves
Sofrem os campos nas suas plantações
Todos ansiamos por tempos mais suaves
Onde andas, que não aqueces os corações.

******
Cidália Ferreira

sexta-feira, 28 de março de 2014

É um desejo...


É um desejo
Saído da minha alma
São pensamentos que vagueiam
Por caminhos encruzilhados
Que me transmitem calma
Ando à procura do teu ser
Do carinho, ou rebeldia
Da tua forma de viver
Quero sentir teu cheiro
Sim…aquele…
Que invade meu coração
Que me faz pensar em ti
De dia eu não te vejo
À noite sonho contigo
És sensação do momento
Porque só tu…
Acalmas o meu sofrimento
Deste meu coração pequenino
Mas grande, de amor para dar
Há um sonho que embala
O estado da minha alma
Só tu me entendes, e completas
E me transmites a calma.

*******
Cidália Ferreira


quinta-feira, 27 de março de 2014

"Dançavam como melodia as ondas do mar"



Dançavam como melodia as ondas do mar
Na sua acalmia e longínqua da imensidão
Refletindo no pôr-do-sol que quer acalmar
Numa maré que parece estar em solidão

Dançavam com areia num tom celestial
Casando suas cores entre o azul do céu
Acabando numa dança sobre o areal
Arrasando de beleza, formando um véu

É a beleza da cor do sol que me encanta
Aqui queria meditar sobre meu coração  
Entrar na dança, fazer delas minha manta
Que me rejuvenesce noutra encarnação

********

Cidália Ferreira





quarta-feira, 26 de março de 2014

"Fazias parte de..."

Fazias parte
 Do meu caloroso sonho
Onde os meus lábios percorriam
E sentiam a tua pele eriçada
E o tremer do teu coração...
Era na nudez do meu corpo
Ingenuo…atrevido
Onde carinhosamente te perdias
E procuravas os recantos
Exalando amor, desejo
Fazendo explodir
A vontade de dois corpos
Loucos…atraentes
Envolvidos numa aventura
Mas presos...
Por destinos diferentes.
Fazias parte do meu sonho.
****
Cidália Ferreira

terça-feira, 25 de março de 2014

"Vagueio... "

Vagueio por ai, sozinha
Envolvida em  pensamentos
Por entre flores selvagens
Que procuro para recordar
Mesmo de olhos vendados
Pela tua insana coragem
Que anda escondida de tudo
Dando asas à imaginação
Arranjando com delicadeza
 Tuas asinhas suaves
De pomba branca, a pureza
Que esvoaça sobre o meu reino
E serás gentil com certeza
Voando com a destreza,
Deixando ficar uma rosa
Vinda da natureza
Sobre meus olhos vendados
Deixando-me...Feliz e formosa
 *****

Cidália Ferreira.


segunda-feira, 24 de março de 2014

"Encontrei a felicidade"



Encontrei a felicidade,
Envolvida nos meus sonhos,
Agarrei-a com carinho,
Guardei-a com muito jeitinho,
Num cantinho tão só meu...
Um dia partilho convosco,
Desta tão linda surpresa,
Que enche meu coração,
De orgulho, e com certeza,
Que vos farei sorrir para mim,
Com esta alegria que sinto,
Porque, se não fossem vocês
Eu não estaria feliz assim...
Se a felicidade se pagasse,
Não haveria dinheiro,
Isto, para mim neste momento,
Valerá mais que tudo,
Que existe…
No mundo inteiro!
****
Cidália Ferreira

domingo, 23 de março de 2014

"Procuro nos teus lábios"


Procuro nos teus lábios cor de romã
O teu sabor, e os teus beijos em delírio
A secura e o desejo da nossa mente sã
Saciando a vontade de isento martírio

Num vai vem dos meus  pensamentos
Onde vagueiam os sonhos mais terríveis
Quando à flor da pele pairam sentimentos
Que deixam afetar os seres mais sensíveis

Quero poder fazer dos teus saborosos lábios
Meu refúgio, e cair  na nossa louca tentação
Porque só tu tens todo o poder dos sábios
De conseguir entrar dentro do meu coração.

****
Cidália Ferreira

sábado, 22 de março de 2014

"Melancolia"



Sinto em mim, a melancolia
Apetece-me vaguear por aí
Na procura do nada
Encontrar tudo
Que me faça sentir feliz
Sinto falta do teu sol
Da tua aragem saudável
Apenas ouço a melodia
Da chuva que cai sobre o telhado
Deixando meu corpo
Frágil e arrepiado
Triste por não te encontrar
Continuo meu caminho
Quero encontrar meu destino
Será o Amor, será o sol
Sou mulher, sou sensível
Sinto falta do teu olhar
Do teu abraço do aconchego
Do impossível...
****
Cidália Ferreira.

sexta-feira, 21 de março de 2014

"Perdi meu coração"


Perdi meu coração,
Por entre pedras cristalinas,
Gastas pelo cansaço,
Das movimentações divinas,
São pedras vividas com vida,
Já cansativa e vencida,
Podem ser  frágeis,
 Duras meigas, e cruéis,
Ficando à semelhança,
De encontrar esperança,
E nunca perder a beleza…
São divididas pelo amor,
Quando o tento encontrar,
Sendo já tarde demais,
Porque alguém o encontrou,
E carinhosamente...
Uma Flor me Deixou.
******
Cidália Ferreira.


quinta-feira, 20 de março de 2014

"Num lago deserto"

Num lago deserto, onde deixo minhas mágoas
Só e perdida, onde luto pela minha existência
Caem amarguradas como pingos nas águas
Lágrimas pelos meus momentos de demência

Na solidão me deixaste, de coração apertado
Onde todos os momentos vividos e recordados
São meros pedaços de um sentimento acabado
Mas que podem renascer dois seres apaixonados

Um recomeço nunca será como uma negação
Os seres mais felizes entregam-se de coração
Quando de um carinho volta a nascer uma flor

Nas águas turbulentas em dias de nevoeiro
As flores mais lindas nascem de um cativeiro
Neste lago espero, pelo renascimento do Amor

*****
Cidália Ferreira

quarta-feira, 19 de março de 2014

"Feliz dia do Pai"

 **//**
Hoje é dia do Pai
Eu queria ser outra vez criança
E viver com alegria
Sem maldade e com esperança
E poder dar-te o meu abraço
Aquele, nunca me deste
Enquanto tiveste vida
E nem davas o valor
Das coisas que te ofereciam
A simbolizar este dia…
Hoje apenas recordo
Coisas da vida passada
E quanta frieza pairava...
Mas neste dia para ti
Havia sempre um miminho
Nem que fosse um simples beijinho.
Hoje, apenas permaneces no meu pensamento

Feliz dia para todos os Pais.

Especialmente para o PAI dos meus Filhos
********
Cidália Ferreira


terça-feira, 18 de março de 2014

"Divago ...em pensamentos"


Divago entre meus pensamentos, triste
De coração bloqueado saindo recordações
Quando dentro dele entraste, não viste
Que meu  amor por ti se perdia de emoções

Abri-o para mergulhares profundamente
Entraste, ficaste num cantinho adormecido
Quero-te lá mesmo que seja inconsciente
Do teu carinho já mais haveria esquecido

Acompanhas os meus momentos de fraqueza
No meu sonho, fica sempre teu gentil carinho
Tu fazes grande parte de toda a minha beleza
Sou eu divagar pensamentos no meu cantinho.

*****
Cidália Ferreira.

segunda-feira, 17 de março de 2014

"No Baloiçar da Viagem"


Como um baloiço no ar
Onde a diversão é salutar
Enquanto ando num vai e vem
Lembro dos momentos de liberdade
Como em criança, e sem maldade
Sem medos e sem receios
Acompanhada de felicidade
Onde tudo era inocência
O medo não existia
E tão pouco as aventuras...
Vou dando balanço ao corpo
Como música que me acompanha
Enchendo-me de alguma coragem
Balançar lá no mais alto
Para sentir a aragem
Que me vai acompanhar
No baloiçar da viagem.
*****
Cidália Ferreira

domingo, 16 de março de 2014

"Banhada pelo mar, olhando a luz do luar"


Banhada pelo mar, olhando luz do luar
Caminhava triste sozinha, inconsciente
No meu rosto cansado, um puro olhar
Tentei avistar-te como estrela cadente

Pensamentos vagueiam em mar deserto
Na calma das ondas fiquei, ali me deitei
Esperei por alguém no momento certo
Mas acordei sozinha…por ti não esperei

Quando o teu ser ilumina a minha alma
Até os teus beijos alimentam-me a calma
Na brisa das ondas sinto uma leve emoção

No meu caminho percorrido vou alcançado
Momentos delirantes eu estou recordando
Com saudade...são devaneios do meu coração.

****
Cidália Ferreira


sábado, 15 de março de 2014

"Felizes dias espero"

Felizes dias espero
Em passos acelerados 
Vou passeando pelo campo
Sozinha, sorrio ao sol
Quentinho, já desejado
De braços abertos, pedindo
Força, e muita energia
Respirar ar puro do campo
Poder voltar a alegria…
Com uma saudade tremenda
Do tempo que me sorri
Que me transmite a paz
E a vontade de encontrar
Alguém muito especial
Com ele colher lindas flores
Poder recordar os amores
Que se escondiam a namorar
Deixando lá pelos campos
Um lindo historial.

*****
Cidália Ferreira

sexta-feira, 14 de março de 2014

"Desejo-te ...Sucesso"


É com enorme orgulho que partilho no meu/nosso Blogue. “Esta, que é a capa do primeiro Livro do Ricardo Águia_Livre, o Administrador/Autor do blogue, Pensamentos e Devaneios”. 

Eu que nada entendo, nunca tive dúvidas que ele era um Poeta de elevado valor, e confirma-se.

Acredito também que seja como um filho que vai nascer, no qual “nos” deixa muito felizes, e orgulhosos.
Pois desde que conheço o Ricardo sempre acompanhei as suas Poesias, adorando-as, e admirando a sua maneira de escrever. Achando mesmo que deveria ser lançado quiçá no mercado, derivado ao alto valor que tem. Não podemos esquecer o Blogue dele, que é muito acolhedor e muito agradável, tendo o vermelho como fundo, e uma música que nos toca no coração. Aconselho a visitar.

Sei que a maioria dos nossos seguidores já conhecem apreciam bastante as suas poesias, pela sua bonita forma de escrever.

O Ricardo é único… Consegui, à custa dos seus poemas a gostar de leitura e da escrita… …Daí ajudar-me na abertura do meu Blogue. Não imaginam como estou feliz por saber que vou ter um livro seu, devidamente autografado.

Para ti Ricardo: Desejo do fundo do coração que tenhas muito sucesso neste teu primeiro livro, e que possas continuar a passar a tua escrita para outros livros seguintes. Mereces tudo de bom, és uma pessoa fantástica, com um coração de ouro, como se encontram poucos! Sei que estás Feliz. Nós também ficamos por ti...Força

Tu sabes o quanto me orgulho em ser tua Amiga. Obrigado.

http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

*******
Cidália Ferreira.

quinta-feira, 13 de março de 2014

"O poder das palavras"


Quando um erro na palavra,
Sendo forte, ou simplesmente,
Que machuca entristece,
Quem recebe, ou quem a diz,
E nos deixa  cabisbaixa,
Por erro, ou desabafo,
Saber pedir o perdão,
Quem sabe poder merece-lo...
Mas tudo pode mudar,
Com o poder que ela tem,
Sendo dita com jeitinho,
Com sentido e carinho,
Que transforme o nosso dia,
Que nos enche de alegria,
De uma forma muito simples,
Basta uma só palavra,
Para mudar...
 A nossa forma de estar,
Porque sem carinho,
O que de nós seria?

****
Cidália Ferreira


quarta-feira, 12 de março de 2014

"Sinto-te ausente dos meus sonhos"


Sinto-te ausente dos meus sonhos
Do carinho, das palavras,
Das surpresas de cada dia,
Ao abrir minha janela,
Encontrava-te debruçado,
Com teu jeitinho amoroso,
De florzinha na mão,
Oferecida com carinho,
Para me fazeres sorrir…
As coisas que me dizias,
 Que me caíam tão bem,
Sinto saudades de tudo…
 Ensinaste-me a sorrir,
Ajudaste-me a erguer,
Fazes parte do meu eu,
Este meu jeito de gostar,
Deixa mágoa no meu peito,
Talvez eu não soubesse,
Que quando se gosta de verdade,
Não se deve magoar,
Sinto que algo mudou,
Faz-me falta esse teu jeito,
Para me sentir feliz…
Quero que voltes ao meu sonho,
Para que tudo fique perfeito.
*******
Cidália Ferreira


terça-feira, 11 de março de 2014

"Estrada fora caminhavas"

*/*
Estrada fora caminhavas
 Sozinho, cabeça baixa
De coração triste, magoado
Ao silêncio te remetias
Quando recordações vividas
Fantasias do pensamento
Não caminhes para a solidão
Abre para mim tua alma
Deixa que eu te acarinhe
Que seja a tua companhia
Mesmo ficando no escuro
Sou a luz que te alumia
Não te vou deixar sozinho
Vou apanhar-te na estada
Por ti ficar fascinada
E poder dar-te meu carinho
Ai…quem me dera poder
Acompanhar-te nessa caminhada.

****
Cidália Ferreira


segunda-feira, 10 de março de 2014

"Sou o desejo..."

Sou desejo do meu pensamento
O pesadelo de um doce tormento
A recordação do tempo passado
O sentimento por ti apaixonado

Sinto um vibrar no meu coração
Por me causares linda sensação
És o mais lindo jardim de flores
Onde passeiam os lindos amores

Sinto  arrepios da tua passagem
De ti fica, uma cheirosa aragem
São desejos de uma doce tortura
Quero-te comigo nesta aventura.

****
Cidália Fereira

domingo, 9 de março de 2014

"Aproveitem o Sol..."

Bom Dia.

"Aproveitem o sol maravilhoso.
Com o coração cheio de alegria
Mas não esqueçam do glorioso
Que joga logo, ao final do dia

...Lool...

Se o sol não te visitar
Espera, que ele não demora
Pelas nuvens vem espreitar
Aquecendo-nos a todos lá fora"
**

Desejo-vos um Domingo 
De paz, Amor
Harmonia
Saúde
E muita alegria
******
Cidália Ferreira

sábado, 8 de março de 2014

"Feliz dia da Mulher"


Feliz dia internacional da Mulher
***
Somos... Mulheres, lindas, vaidosas,

Somos... Grandes, guerreiras,

Somos ... Frágeis, aventureiras,

Somos... Belas donas de casa,

Somos...O exemplo para a vida,

Somos... A multiplicação,

Somos... A força na natureza,

Somos... Esposas dedicadas,

Somos... Mães galinhas mimadas,

Somos... As avós mais babadas,

Somos... Manhosas, habilidosas,

Somos... A sedução e o prazer,

Somos... O desejo carnal,

Somos... Românticas meiguinhas,

Somos... A coisa mais bela,

Que um Homem pode ter...!
*****

Cidália Ferreira

sexta-feira, 7 de março de 2014

"Via-te passar de mão dada"


Via-te passar com outra, de mão dada
Caminhavam apressados, sorridentes
Pela praia deserta e na areia molhada
Ficam pegadas de momentos ardentes

E como se não houvesse amanhã
Eram donos de tudo em seu redor
Trocavam carícias de uma mente sã
Seus corpos extravasavam de amor

Apreciando de longe ao vosso beijo
Demorado, parecendo dado a desejo
Meus olhos por ti, se sentem atraídos

Meu triste olhar carente  de aflição
Onde tudo que lembra é recordação
De momentos que não foram vividos.

******
Cidália Ferreira





quinta-feira, 6 de março de 2014

"Fiquei à espera da lua"

Fiquei à espera da lua
Durante o sossego da noite
Que trouxesse mensagem tua
Que alegrasse minha alma...
Sentada sozinha ao relento
Enquanto esperava por ela
Via o teu nome nas estrelas
Que brilhavam só para mim...
Existia uma especial
Que me fazia sinal
Como o bater do coração
Por sentir amor sem saber...
Mas sendo ela magistral
Faz-me ficar acordada,
Sentir-me por ela amada
Neste  momento especial
É o meu sonho...intemporal.
******
Cidália Ferreira