segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Numa promessa feita

....
Há saudades que sinto por ti 
Levei  meu imaginário 
Ao mais longe que pude ir 
Sonhei contigo, chorei 
Passeei por aquela praia 
Imaginei-me de mãos dadas 
Ao amor que gerei em mim 
Foi tudo com que sonhei, 
Numa noite fria e triste 
Bailavam as ondas do mar 
Sobre o sol, que o queria queimar, 
Revoltada por não me soltar 
Numa promessa feita ao acaso 
Contemplava o pôr-do-sol 
Contigo no meu coração, 
Neste sonho eram as gaivotas 
Nos seus cânticos feitos em coro 
Imaginava-te ali, ou noutro lugar 
De mãos dadas a passear, saudade
De te mostrar, o quão te adoro


*** 
Cidália Ferreira

23 comentários:

  1. Ai o amor ai ai...Poema lindo..e cheio de frescura, dentro de um sentimento de desejo e saudade..
    Beijo

    ResponderEliminar
  2. Sempre maravilhosamente bem inspirada,Cidália! bjs, tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
  3. Saudacoes da Lituania !
    Beijos

    GLUOSNIS

    ResponderEliminar
  4. Aiiii saudades, promessas, o doce imaginar de ter alguém....
    Essa poeta doce e inspirada nos faz sentir um pouco melhor....
    Tenha uma ótima semana Cidália!

    ResponderEliminar
  5. Que maravilhosa e apaixonante poesia com que nos brindaste numa noite de domingo! Com elementos fortes e meus preferidos..o mar..as gaivotas...o baile das ondas...o passeio na areia...lindooooooo...a imagem de fogo é perfeita...adorei...um beijinho ternurento e semana muito risonha Cidália...

    ResponderEliminar
  6. Cidália, um belissimo poema, onde reina a saudade... Adorei sim amiga.

    Beijinho e uma ótima semana.

    ResponderEliminar
  7. Ai esse grande amor que tu sentes, é de uma profundidade...Não te deixes esmorecer pela saudade.
    Poema muito sentido!
    xx

    ResponderEliminar
  8. Nada como umas mãos dadas. O amor pode ser tudo e tu és uma grande amorosa.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Essa saudades que não quer ir embora.
    Muito lindo amiga Cidália.
    bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  10. Lindo, simplesmente lindo!
    Amei ler!
    Abraços e tenhas uma linda semana!

    ResponderEliminar
  11. Lindo momento de ternura numa saudade dolorida
    Uma linda semana querida
    Beijos

    ResponderEliminar
  12. Danada essa sdd né?
    Nunca vai embora rs...


    Um lindo novembro pra vc =)

    ResponderEliminar
  13. Como me identifico com este poema ,pois vivi na primeira pessoa te adoro por seres quem és ,eu não conheço pessoa mais humilde que tu ,mas não mudes resmas de beijos para ti já não tenho palavras para te qualificar parabéns minha querida amiga ,força ,beijos laurinda anjo tua admiradora incomdicional.

    ResponderEliminar
  14. Eita saudade,mardita, kkkkk...
    Beijos querida, ótima segunda-feira.

    ResponderEliminar
  15. Boa tarde querida poetisa..
    saudades de amor é assim mesmo.. a gente escreve escreve e fica sempre sentindo srs
    que bom que gostou do soneto.. até eu dou risadas quando escrevo minhas loucuras rsrs
    bjs

    ResponderEliminar
  16. Saudade maltrata como ninguém...
    O bom dela é simplesmente fazer com que versos lindos assim apareçam,!!

    Beijoo'os

    ResponderEliminar
  17. Olá Cidália,

    Versos embalados por sonhos e saudade.
    Melancólico e lindo.

    Feliz semana.

    Beijo.

    ResponderEliminar
  18. UM POEMA LINDO, EMBORA SALPICADO DE TRISTEZA E SAUDADE...MAS GOSTEI.

    MARGARIDA

    ResponderEliminar
  19. Amiga Cidália, mais um belo poema que tu proporcionas a nós, teus leitores.
    Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma semana abençoada.

    ResponderEliminar
  20. Uma bela inspiração, um pouco triste, mas lindo.
    Beijinhos

    ResponderEliminar