terça-feira, 14 de outubro de 2014

Vagueia comigo.

...*...
Levo-te a vaguear dentro do meu coração
Que te deseja tanto, não aguenta saudade
Tuas recordações que guardo  com emoção
Dentro deste espaço que é teu de verdade

Neste nosso vaguear que nos leva a procurar
Pelos caminhos cruzados, ocultos por opção
Meu coração é teu neste espaço de brincar
Onde me abraço a ti,  final sem obrigação

Meu pensamento eleva-me para perto de ti
Sinto carências de tudo, do que deixas aqui
Até dos momentos de quando me acariciavas

E no meu coração vais fazer sempre morada
Sentimento que surte aspetos de apaixonada
Tenho comigo saudade quanto me sussurravas.
***
Cidália Ferreira

23 comentários:

  1. um soneto bem construído, onde o vaguear é um sentimento de saudade e carinho....

    boa semana.

    beijinho

    :)

    ResponderEliminar
  2. Quando um coração ama, lança reptos ao coração, o qual, não se faz rogado e transmite ao imaginário versos e rimas de elevado valor poético, como é o caso, deste fabuloso poema.
    Deixo um beijo

    ResponderEliminar
  3. Só há pouco tempo passei a fazer parte desta família e deste cantinho poético onde impera as mais lindas emoções vindas duma amiga e poetiza que admiro muito...cada vez me deixo cativar mais pelos seus poemas mesmo sendo tristes são sempre maravilhosos e profundos...amei este poema...repleto de tanta paixão e amor e que põe nosso pensamento a vaguear..sonhar....um grande abraço Cidália

    ResponderEliminar
  4. Bom dia, Amiga.
    Belo poema este. Carinhoso e apaixonante....Lindooooooooooo !!!!!!!
    Beijinho e Feliz terça feira ....

    ResponderEliminar
  5. Levar alguém a vaguear dentro do coração é uma imagem muito linda !

    Abraços, Ci :)

    ResponderEliminar
  6. Cuando el corazón siente es hermoso, cuando lo demuestra es sublime
    Besos, Cidália

    ResponderEliminar
  7. Vaguear dentro de um coração ao lado do amado,é simplesmente maravilhoso.
    Muito lindo amiga Cidália.
    bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  8. Poesia maravilhosa, que maravilha viver e andar com quem ama
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br
    Canal de youtube: http://www.youtube.com/NekitaReis

    ResponderEliminar
  9. Um soneto deveras apaixonado e lindo. Bjusssss

    ResponderEliminar
  10. Oi Cidália, Uma poesia encantadora!
    Muito sucesso para você
    Beijos no coração
    Lua Singular



    ResponderEliminar
  11. Maravilhosos poema que me incentivou a vaguear dentro dele. Adorei!!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Vaguear... Que verbo mais poético, sobretudo quando ganha leveza em um poema tão sublime como esse, escrito com caracteres de intensa saudade e bem querer, como os registrados por você, Cidália.

    Um abraço!

    ResponderEliminar
  13. Mais um lindo e bem inspirado poema,Cidália! Estava estranhando a demora pra tua publicação! bjs,chica

    ResponderEliminar
  14. Uma linda poesia, e uma saudade assim de um sentimento gostoso é sempre bom de se sentir.

    Beijos

    ResponderEliminar
  15. Olá miga..... Tu hoje esmerastes-te.. que poema tão bonito. Amei
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  16. Fantástico poema... queria vaguear assim, mas acompanhada. Lindo mesmo!
    Bjs

    ResponderEliminar
  17. Que lindo Cidália , as vezes meu pensamento, vagueia para um lindo coração de um certo moço.
    Beijos

    ResponderEliminar
  18. A inspiração fugiu de mim, por isso estive ausente por uns dias...
    Sei que tenho muitas visitas a fazer e pretendo rever com calma todos os blogs que amo.
    Por enquanto, passando para justificar a minha ausência por aqui.

    Beijos
    Ani

    ResponderEliminar
  19. Um comentário que me marcou aqui foi:
    A linda imagem de vaguear dentro do teu coração... imagem forte e muito terna.
    O poema é uma entrega extremamente afetiva.... Uma delícia de leitura e de sonho romântico.... Cada dia você se supera um pouco mais...!!!
    Beijos do PDR!

    ResponderEliminar
  20. Oi Cidália,obrigada pela visita e orações.
    bjs amiga
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  21. Olá, Cidália!
    Antes de mais, quero agradecer o teu comentário. Depois dizer-te que sim, que em breve vou voltar a escrever no blogue, no entanto, preciso de mais um tempo para deixar assentar a poeira...
    O que se passou foi que o meu blogue foi descoberto na Instituição onde trabalho, alguém que inadvertidamente resolveu publicitar a existência do mesmo. Não seria grave se não tivesse postado algumas situações que se passaram nesse mesmo local. Mas tudo bem, o pior já passou,as pessoas perceberam e a situação está normalizada.
    Beijinho doce!

    ResponderEliminar