segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Quero de volta o meu sol.

O meu Domingo chegou
O meu sol não aparece,
Meu coração continua nublado
Triste, apenas corre em valetas
Lágrimas como gotas de chuva
Que escorrem apressadamente
E se sentem por ti abandonado
Chora desalmadamente,

Quero o meu sol
Quero com ele poder sorrir
Quero deixar de chorar
Como se fossem nuvens zangadas
Quero poder-te olhar
Respirar de alívio, libertar-me
Deste meu sufoco, que dói
Por não te ver chegar,

Quero-te de volta, meu sol
Preciso de ti para que me aqueças
Sempre, e nos momentos de carência
Mas quero-te de volta a brilhar
No meu coração, não te esqueças
Que choro a tua ausência,
Por favor, volta ao meu coração
Só tu o podes iluminar!
***
:(
Cidália Ferreira


FELIZ DOMINGO PARA VOCÊS

24 comentários:

  1. Olá Cidália
    que lindo poema .....o sol é a luz da nossa vida, sem ele ficamos sempre tristes !!!!

    beijinho grande e bom domingo, mesmo que seja sem sol :) :)

    ResponderEliminar
  2. Cidália, tua poesia é linda, embora triste... Daqui desejo que o teu SOL volte e te alegre e deixe feliz, como mereces! bjs, lindo domingo! chica

    ResponderEliminar
  3. Que linda poesia. e que o sol volte logo
    Que bacana Cidália, saber que estás trabalhando com as crianças, independente se sabe ou não contar histórias a eles. Leia..., fiquei muito feliz.
    Sou encantada por esse mundo de contação de história.
    Grande beijo, boa semana

    ResponderEliminar
  4. Que o Sol surja e ilumine o teu existir na vontade e desejos do teu coração.
    Bonito poema, como são sempre os que escreves, com alma e sentimento

    Domingo feliz
    Beijo

    ResponderEliminar
  5. Bom dia, linda poetisa!

    Triste o contexto do teu poema mas sem duvidas uma belíssima obra como todos!

    Muito obrigada pelo doce comentário em minha participação no Vendedor de Ilusão!
    Respondi o teu comentário no post anterior no Asas...
    Você sempre tao presente, querida.
    Muito obrigada viu!

    Beijos,flor!

    ResponderEliminar
  6. Que o sol ilumine seu caminho, e seu coração tristinho!
    O poema é fabuloso! Adorei.
    Feliz Domingo.
    Bjs

    ResponderEliminar
  7. Poesia sempre tristes, doridas, carente, na melhor tradição de uma Florbela Espanca. Mas os melhores textos são produzidos, paradoxalmente, em momentos de tristeza. Já percebeu que só tem musica trites, o fado por exemplo. O tango daqui, até o samba alegria misturada com tristeza. Tem jeito não, a vida é essencialmente triste, trágica. Nos que inventamos os folguedos, os feriados, o ser amado definitivamente ao nosso lado.

    ResponderEliminar
  8. Um belo Poema de muita amargura e saudade.
    Precioso.


    Beijos


    SOL

    ResponderEliminar
  9. Que brilhante poema Cidália...que mensagem poética apelativa ao Sol..a luz que ilumina teu coração...que te seca as nuvens que escorrem pelo teu rosto...acredita que ele vai voltar...acredita que a luz que tanto anseias vai iluminar o teu rosto e o teu sorriso e vais gritar bem alto VENCI...adorei este apelo tão profundo e esta imagem tão arrebatadora.

    ResponderEliminar
  10. Que bonito, a dor tbm dá uma inspiração enorme, né?
    Adorei tudo aqui. Obrigada pela visita no Bem-me-quer, espero te ver lá mais e mais vezes ;))

    beijoo'o
    flores-na-cabeca.blogspot.com

    ResponderEliminar
  11. Seu poema hoje, parece escrito para mim...
    Aqui tem sol bem quentinho lá na rua...
    Mas dentro de mim, hoje, não há sol...
    Bjis querida, linda poesia.

    ResponderEliminar
  12. Lindo! Saudade é poesia!
    Dói, porém inspira palavras alentadoras!
    Felicidades para você!

    ResponderEliminar
  13. Um poema muito triste, mas com muita beleza... Espero que o sol volte rápido ao teu coração. Parabéns pela inspiração.
    O teu Colega escreve cada poema, que até arrepia de bom.
    Beijinho.

    ResponderEliminar
  14. Saudade e tristeza neste soberbo poema.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  15. Cidália, um poema fabulosamente belo de tão triste!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  16. Que o sol volte a brilhar amiga Cidália, logo vc sentirá a energia contagiar teus sentires. Um lindo e dorido poema. Parabéns!
    Desejo uma semana de paz!
    Bjs!

    ResponderEliminar
  17. Amiga com certeza esse sol vai chegar para você linda mensagem.
    Curta e siga o meu canal, tenha uma semana abençoada.
    Canal de youtube: http://www.youtube.com/NekitaReis

    ResponderEliminar
  18. LINDO E TRISTE, COMO SÃO SEMPRE. MAS GOSTEI.

    MARGARIDA

    ResponderEliminar
  19. Quem será o malvado que faz sofrer esse coração!?

    ResponderEliminar
  20. Tão bonito ver uma flor suplicando pelo sol...

    ResponderEliminar
  21. Tão bonito ver uma flor suplicando pelo sol...

    ResponderEliminar
  22. Lindíssimo Cidália. Parabéns pelo texto refinado. Bjs

    ResponderEliminar
  23. Querida Cidália
    Coisas de estrelas! Embora brilhe todos os dias, o certo é que nem sempre vemos o Sol a brilhar! E como ele nos faz falta!
    Parabéns pelo seu poema, que é um hino ao Sol.
    Um beijinho
    Beatriz

    ResponderEliminar