segunda-feira, 7 de julho de 2014

Matamos as saudades do coração

Num devaneio entre dois seres
Por caminhos de puro desejo
Sinto que és feliz por víveres
No meu pensamento, te vejo

Afasto de tudo, o meu medo
Não quero  de ti, me perder
Em mim guardo um segredo
Que me acompanha até morrer

Na ânsia de te poder encontrar
Quero no teu colo, poder ficar
Saborearmos belas recordações

Entrelaçados num abraço caloroso
Trocamos um belo beijo saudoso
Matamos as saudades do coração.
***
Cidália Ferreira

14 comentários:

  1. Matar as saudades é sempre bom!! Linda poesia! Ótima semana!beijos,chica

    ResponderEliminar
  2. Matar as saudades do coração é um momento muito bom, Cidália passando pra desejar uma ótima semana beijos.
    Blog /Fan Page / Twitter /

    ResponderEliminar
  3. Ah amiga Cidália,como é importante matar essa saudades no coração e guardar um segredo,que fica somente nessas recordações.
    bjs
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  4. Fantástico! Gostei

    GABY

    ResponderEliminar
  5. oi Ci

    Matar sdd é bom demais.

    bjokas =)

    ResponderEliminar
  6. Olá, Cidália

    Ai as saudades...Gostei do poema.

    Beijos

    Fátima Gonçalves

    ResponderEliminar
  7. Não entrou o comentário, vai outro.
    Matar a saudade é muito bom.
    Bela poesia
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  8. Amiga bela poesia amei tenha uma semana abençoada.
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br
    Canal de youtube: http://www.youtube.com/NekitaReis

    ResponderEliminar
  9. Amei ler esse lindo soneto, matar a saudade do coração, que lindo isso amiga!
    Abraços apertados!

    ResponderEliminar
  10. A saudade só se torna boa quando a matamos 'não e verdade?
    Amei.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  11. A saudade que esmaga o coração pode também tão somente moldá-lo.

    Tiro certo na saudade, esse poema.

    ResponderEliminar