quinta-feira, 20 de março de 2014

"Num lago deserto"

Num lago deserto, onde deixo minhas mágoas
Só e perdida, onde luto pela minha existência
Caem amarguradas como pingos nas águas
Lágrimas pelos meus momentos de demência

Na solidão me deixaste, de coração apertado
Onde todos os momentos vividos e recordados
São meros pedaços de um sentimento acabado
Mas que podem renascer dois seres apaixonados

Um recomeço nunca será como uma negação
Os seres mais felizes entregam-se de coração
Quando de um carinho volta a nascer uma flor

Nas águas turbulentas em dias de nevoeiro
As flores mais lindas nascem de um cativeiro
Neste lago espero, pelo renascimento do Amor

*****
Cidália Ferreira

24 comentários:

  1. Belo !!!!!!!!

    Desejo que o esse lago nunca seque
    Que mantenha sua imensidão
    Guardando sempre a esperança
    De um dia, com confiança
    Aquecer seu coração.

    Feliz quinta-feita !!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderEliminar
  2. As águas estão agitadas por aqui.
    Desamores, tristezas e outros familiares...
    Há que fazer umas limpezas e renovar o líquido do lago.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Lindo e que com a primavera, renasçam as flores e o amor! beijos,tudo de bom,linda primavera! chica

    ResponderEliminar
  4. Amiga bom dia que lindas inspiração amei a poesia
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br
    Canal de youtube: http://www.youtube.com/NekitaReis

    ResponderEliminar
  5. Meu desejo é que nessa lago, possam fluir límpidas águas querida amiga !
    Beijão grande do amigo,
    Dan.

    ResponderEliminar
  6. Aí chega a linda Primavera, portanto com ela todas as belezas e perfumes das flores para inspirar poemas lindos como esses!
    Aqui é o Outono a nos saudar, portanto amiga que todas as águas dos lagos sejam de calmarias!
    Abraços!

    ResponderEliminar
  7. Com este lindo poema, é impossivel que não apareça um lindo amor.
    Bjs

    ResponderEliminar
  8. O amor quando é verdadeiro encontra sempre formas de renascer.
    Belo poema!
    xx

    ResponderEliminar
  9. oi Ci

    E que o amor venha renascer em nossos corações. Hj é um novo tempo.

    bjokas =)

    ResponderEliminar
  10. Muito lindo,bjs.
    http://crismandarini.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  11. Oi amiga Cidália,esse lago não poderá secar nunca.
    Deverá ficar claro,para um novo amor recomeçar,sem lágrimas.
    bjs
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  12. Boa tarde,
    Lindo poema escrito com amor, lagos de amor nunca secam.
    Feliz Primavera
    ag

    ResponderEliminar
  13. Lindo poema, ainda que nostálgico cheio de emoção. bjssss

    ResponderEliminar
  14. Poema lindo Cidália, como já é habitual, beijos

    ResponderEliminar
  15. Muito bonito!!!! Inspirador e profundo ...desejo que o teu lago nunca seque que sejas sempre feliz....mereces!!!!!
    GABI

    ResponderEliminar
  16. Lindos versos amiga onde no final há a luz da esperança, que nunca deve se apagar. Bjus

    ResponderEliminar
  17. OI CIDÁLIA!
    NESTA REPRESENTAÇÃO, ONDE O LAGO SIGNIFICA O ELO ENTRE O QUE JÁ SE FOI E O QUE ESTÁ POR VIR, A ESPERANÇA, SE FAZ PRESENTE.
    ABRÇS

    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  18. Nice pics! Love these styles! They all look genius!
    Thanks for your sharing and posting!
    Have a nice day!


    http://www.aekk.com

    ResponderEliminar
  19. PRECIOSO Y DELICADO TEXTO. ME ENCANTA.
    UN ABRAZO

    ResponderEliminar
  20. Querida Cidália
    Lindo soneto! Deixe as mágoas nesse lago e, com a chegada da primavera, vai superar tudo.
    Parabéns.
    Beijinho
    Beatriz

    ResponderEliminar
  21. Maravilhoso soneto!! Que todas as mágoas sejam esquecidas e que todas as alegrias sejam vividas sempre com imensa saúde!! Beijinhos fofinhos!! http://sandrasofiaafonso1.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  22. Compõe também sonetos? Que inveja! E tá muito bonito, por sinal, adorei!

    ResponderEliminar