quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

"Vou partir para o deserto!"

Vou partir para o deserto
Onde não tenha ninguém
Não quero água nem sol
Nem árvores para abraçar
Não é preciso comer
Muito menos ter beleza
Pois se algum dia fugir
Foi porque estava a sofrer
Não quero ser a tristeza
Daqueles que me rodeiam
Sinto que neste momento
Existe uma frieza
Onde todo o mundo é triste
Ou então já me odeiam
Desiludida quiçá
Vou embarcar na viagem
Aproveitar a boleia
Vou tentar ficar escondida
No deserto do Saara.
****
Cidália Ferreira

27 comentários:

  1. Linda inspiração ! Bela poesia! bjs, chica

    ResponderEliminar
  2. Oi, Cidália, é no deserto que Deus trata de nós. Linda poesia. Escrevi tmb sobre o deserto. De vez em quando fugir um pouco faz bem, mas o deserto é sempre difícil. Desejo um belo dia mesmo se for no deserto. bjsss

    ResponderEliminar
  3. Lindo poesia Cidália,mas triste!
    Você disse que está triste! Então somos duas.
    Um dia tem que melhorar.
    Fica na paz,beijinhos.

    ResponderEliminar
  4. Oi amiga,quanta tristeza nessa poesia!
    Bjs
    Carmen Lúcia-mamymilu

    ResponderEliminar
  5. Amiga poesia maravilhosa mais com muita tristeza. Dia
    lindo para você.
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  6. Desertos da alma podem ser bem reveladores. Linda poesia, Cidália.
    Tenha um ótimo dia.

    ResponderEliminar
  7. oi Ci

    É no deserto que Deus fala no nosso coração, e é neste mesmo deserto que vc pensa que não tem nada mas ele prepara tudo.

    bjokas =)

    ResponderEliminar
  8. Às vezes só a partir do deserto poderemos porventura encontrar um oásis, no entanto há que ter cuidado com as areias movediças.
    Um poema muito triste. Há dias assim, em que "parece que o mundo inteiro se uniu para nos tramar". Também já me senti assim.
    Espero que essa fase passe depressa.
    xx

    ResponderEliminar
  9. Que tristeza tinhas quando te inspiras desta forma!!!! ADORO TUUUUU!!!!!

    GABY

    ResponderEliminar
  10. Bom dia Cidália.. sempre inspirada e mesclando todos os sentimentos e assim se fz a poesia que não é só beleza.. sempre tem tristeza junto.. bjs de bom dia

    ResponderEliminar
  11. Não, Cidália! No deserto não há anticiclone. Aquilo está sempre em braza!!!
    :)

    Bom dia e um beijo.

    ResponderEliminar
  12. Cidália,entra nesse blog,você vai gostar.
    http://world-directory-sweetmelody.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  13. Amiga Cidália, poesia é isso, poder dizer sobre todos os sentimentos, assim se pode dizer que quem consegue expressá-los, poetas e poetisas, amei ler!
    Adoraria estar também em um deserto, nossa, seria magia!
    Abraços!Bela inspiração!

    ResponderEliminar
  14. Hum... Vontade de ir pro deserto hoje também...
    Lindo o que escreves!!!
    Beijos
    Aguardando sua visita...
    http://robertalagearquitetura.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  15. Amiga....gostei do poema, mas........e logo para o Saara,.....não seria melhor escolha as, já famosas, Ilhas Desertas ???????
    Sempre por lá existem uns pássaros bonitos ma barulhentos, que farão avivar a alma, quem sabe, ajudarem a encontrar a estrela perdida.
    Sendo este poema, parte do sonho que todos anseiam, eu, cá por mim escolheria:
    Quero procurar a Ilha
    Num belo sítio e bacana
    Onde possa ser feliz
    Com amor e uma cabana........

    ResponderEliminar
  16. Poema triste mas decerto a mostrar um estado de alma
    Tudo passa, tudo passará...como diz e bem a canção
    Beijo

    ResponderEliminar
  17. OI QUERIDA
    O deserto ninguém merece rsrsrs.Mias gostei do texto. Bom diaaa!!! Com muita paz e alegria!

    Às vezes é preciso diminuir a barulheira, parar de fazer perguntas, parar de imaginar respostas, aquietar um pouco a vida para simplesmente deixar o coração nos contar o que sabe.
    E ele conta.
    Com a calma e a clareza que tem.
    Um beijinho na tua alma.
    Ana

    ResponderEliminar
  18. Uma tristeza que vem sem ser convidada.

    Há que atirar chamamentos à alegria e atrair a felicidade.

    Belas palavras, querida Cidália.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  19. Olá poetisa!
    Tritezas não pagam as contas!
    Moral para cima........poema triste mas bonito, gostei...
    Bjs ,uma noite bem alegre.

    ResponderEliminar
  20. Nada de estados de espírito negativos...Nada de fugir para um
    deserto...(mas a poesia está muito boa). Beijinhos e ânimo.
    Um beijinho
    Irene Alves

    ResponderEliminar
  21. Queridos amigos, aos poucos estou voltando e matando a saudade de todos os blogs que gosto.
    Feliz por estar aqui...
    Adorei a postagem...

    Beijos

    Ani

    ResponderEliminar
  22. OI CIDÁLIA!
    NUM DAQUELES DIAS EM QUE QUEREMOS FUGIR PARA QUALQUER LUGAR?
    QUE SEJA SÓ INSPIRAÇÃO...
    TÁ LINDO TEU POEMA.
    ABRÇS

    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  23. Poema, triste, mas porém bonito
    beijos

    ResponderEliminar
  24. Nossa! logo o deserto de Saara?
    Venha pra minha cidade não vai encontra nenhuma brisa fresca
    Obrigada pela visita
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  25. Querida Cidalia
    Gostei muito do poema,mas e um pouco triste.
    Nao fique assim, a menos que seja ficçao...
    Tem aqui muitos amigos que nao a deixam viver na solidao.
    Desejo-lhe um bom fim de semana.
    Beijinhos
    Beatriz

    ResponderEliminar
  26. Cidalia minha amiga Querida.
    Lindo poema embora um pouco triste e comovente.
    Um feliz dia dos namorados ai em Portugal
    aqui no Brasil é dia da amizade deixo um carinho pela nossa amizade
    também desejo um feliz final de semana.
    Muitos beijinhos ..Evanir.

    ResponderEliminar