segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

"Enquanto procurava ao sol"


Enquanto procurava ao sol
O elixir para o coração
Em tarde quente, brilhante
Via um lindo passarinho
Pousado no meu cantinho...
Desejoso estonteante
Por um suave carinho
Não fosse meu pensamento
Ser o céu ou ser o ar
Com ele poder voar
Deixa-lo feliz levezinho
Por receber o miminho...
Descansada no meu leito
Cantava aos sete ventos
Desejosa sorridente
Pelos felizes momentos
Pensados, ao nosso jeito
*****
Cidália Ferreira

22 comentários:

  1. Você está a bordo de um novo dia. Diga: bom dia, dia! Bom dia, vida! Bom dia, sensibilidade! Bom dia, fé! Bom dia, coragem! Bom dia, talento! Bom dia, trabalho! Bom dia, alegria! Bom dia, felicidade! Bom dia pra você!
    Beijos e uma excelente semana

    ResponderEliminar
  2. Que lindo,Cidália!! Que tua semana seja linda assim! bjs,chica

    ResponderEliminar
  3. Amiga linda poesia, amei a imagem seja bem vindos.
    tenha uma semana abençoada.
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br
    Canal de youtube: http://www.youtube.com/NekitaReis

    ResponderEliminar
  4. Um passarinho, e lindas reflexões sobre a vida.
    Bom dia, e boa semana.

    ResponderEliminar
  5. Uma linda reflexões!!Lindo os mimos do passarinho.
    Uma linda semana,cheia de amor.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  6. Uma poesia muito graciosa.parabéns
    amiga Cidália.
    bjs
    Carmen Lúcia

    ResponderEliminar
  7. Querida Cidalia
    Momentos magicos!
    O poder do Sol! Consequencias: uma bela poesia! Muitos parabens.
    Beijinho
    Beatriz

    ResponderEliminar
  8. Cidália, lindos versos amei ler!
    Que sua semana seja linda minha amiga, beijos!

    ResponderEliminar
  9. Belo poema Cidália, e quem não gosta de miminhos...?
    xx

    ResponderEliminar
  10. oi Ci

    Acho lindo qdo Deus manda passarinho, borboletas e outros bichinhos para perto da gente.
    Eu identifico esse gesto como uma forma dele fazer a gente enxergar as coisas lindas do mundo, que as vezes passam despercebidas.
    Se Deus cuida das aves do céu, não cuidaria ele tb de ti (filha amada?).
    Pense nisto.

    bjokas =)

    ResponderEliminar

  11. Olá Cidália,

    Poema doce e encantador.
    Quem não deseja carinhos e miminhos? Eles afagam a todos, principalmente nos momentos de maior carência.

    PS: Creio que quando se ama a pessoa errada e se tem consciência de que este amor não produzirá bons frutos é melhor tentar esquecê-lo, por mais que custe ao coração, pois o amor só vale a pena quando traz alegria e completude.

    Linda e feliz semana.

    Beijo.

    ResponderEliminar
  12. Mas que simpático passarinho!
    Não admira que esteja feliz. A ser alvo de um poema tão bonito, só pode estar orgulhoso :)

    Pois é, minha amiga, o coração apaixonado tem, por vezes, atitudes que podem parecer "inconscientes". Mas olhe que não são...

    Uma semana cheia de sonhos e passarinhos.
    Um beijo
    Miguel

    ResponderEliminar
  13. Quem procura sempre alcança...diz o ditado e é verdade.

    Bonito poema

    Beijo

    ResponderEliminar
  14. nossa adorei,flor estou te seguindo retribui? beijos
    http://maddalice.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  15. Oi tia Cidália,
    Lindinho passarinho
    Beijinhos
    Mundo dos Inocentes

    ResponderEliminar
  16. Que querido...a lembrar a primavera que tarda.

    beijinhos

    ResponderEliminar
  17. E os dias amanhecessem com sol ardente ou chuva melancolica_ o certo é que nos alegramos!!
    abraços Cidália

    ResponderEliminar
  18. Lindo, sensivel, suave...

    Delicia te ler, amiga!

    Beijos

    ResponderEliminar
  19. Boa noite Cidália.
    Vim agradecer,pela força,pelo carinho,e pelas lindas palavras,que deixaste em meu blog.
    agradeço pelo carinho,pelas palavras que deixaste em meu blog.
    É nessas horas que conhecemos os nossos amigos.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  20. Lindo e sensível poetar querida amiga.
    Vir aqui é como receber um gostoso abraço.
    uma ótima semana para ti.
    abração com carinho

    ResponderEliminar