domingo, 23 de fevereiro de 2014

"Dizias Adeus"


Dizias adeus
Com um fino lenço de cetim
Levavas no rosto uma lágrima
Que mostrava...
Que nada acabaria assim
Um Adeus, que nunca será esquecido.
Nos  meus olhos existe a revolta
E uma vontade que fiques...
 Do pensamento saem dúvidas
A tristeza permanece
A minha lágrima insiste
Vou guarda-la no lenço
Com teu cheiro, puro e fresco
No mesmo canto que guardo
Todas as recordações
Seria um castigo para mim
Se não te dissesse que errei
Fui magoando teu coração
Agora foste embora
Dizendo Adeus
Com um fino lenço de cetim.

*****
Cidália Ferreira.


19 comentários:

  1. Lindo, as boas boas recordações ficam. As mágoas saem com as lágrimas.
    Continuação de bom domingo amiga Cidália, bjs

    ResponderEliminar
  2. O adeus é sempre muito triste! Linda inspiração! Ótimo domingo! bjs,chica

    ResponderEliminar
  3. Como são tristes as despedidas.
    Lindo amiga Cidália.
    bjs e um ótimo domingo.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  4. Não gosto de despedidas. Parabéns pelo poema. Bom domingo. Beijos

    ResponderEliminar
  5. E que tal substituir um 'adeus' por um 'até já'?

    Beijo e bom domingo.

    ResponderEliminar
  6. Oi tia Cidália,
    Não fique tristinha, ele volta, tá?
    Beijinhos
    Mundo dos Inocentes

    ResponderEliminar
  7. Um adeus que a alma inflama
    faz correr lágrimas de emoção
    Mas não quer dizer que a chama
    Saia do nosso coração

    Quantas vezes se diz adeus
    Sabendo que a vez, quiçá
    Vai para longe dos sonhos teus
    Mas é apenas um...até já
    .......
    A minha homenagem, embora simples, ao teu bonito poema
    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Parabéns ao meu Poeta preferido! Obrigado pelo carinho

      Beijo

      Eliminar
  8. Bom dia Cidalia.. estas poesias que envovolvem o adeus são sempre carregadas de sentimentos, mesmo que estes sejam tristes por vezes.. bjs e até sempre

    ResponderEliminar
  9. As despedidas são sempre tristes, tal como o poema que para além de triste é muito belo!
    Um bom resto de domingo, querida Cidália!
    xx

    ResponderEliminar
  10. Dizemos adeus com tristeza e já com saudades!

    Magnífico poema.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  11. Cidália, gostei muito do poema, adeus é sempre uma palavra triste,
    rouba-nos algo, boa semana e beijos

    ResponderEliminar
  12. Boa noite Cidália!
    Adeus é uma palavra que machuca-nos por dentro, mas temos que viver...
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  13. O adeus é sempre triste e por vezes deixa grandes mágoas.
    Peço perdão pelo aparte, mas estes lenços a cintilar, faz-me recordar um caso recente passado hoje aqui no Porto - no estádio do dragão, num final de tarde que fez recordar uma noite de fados.
    Lenços a acenar
    Assobios de embalar
    E um clamar aos deuses
    Pra um outro encontrar.

    Feliz semana amiga, e registo que após o adeus, sempre surge a Esperança .
    Beijinho

    ResponderEliminar
  14. Lindompoema, amiga
    Mas o adeus dói muito
    Beijos.....

    ResponderEliminar
  15. Querida Cidalia
    E tao dificil dizer adeus! Esta sempre a acontecer me.Longe da familia, tento encurtar as distancias, mas isso so nao basta...
    Como gostei do seu poema!
    Muitos parabens.
    Beijinho
    Beatriz

    ResponderEliminar
  16. Nunca se diz adeus,pois as boas recordações sempre permanecem em nossos corações!! É a minha mais sincera opinião!! Beijinhos fofinhos!! http://musiquinhasdajoaninha.blogspot.pt

    ResponderEliminar