sexta-feira, 6 de setembro de 2013

"Anda comigo...caminhar"

Anda comigo, caminhar,
De mãos dadas,
Pela “mata”... passear,
Apreciar  a natureza...
Árvores   que  ficam  nuas,
As  folhas  secas  caídas,
"Tristes"...ressequidas,
Abanadas pelo vento,
Saltando aqui... ali...
Com seus raminhos, secando,
Parecem perder a graça,
 Do "tempo" que vai passando,
O vento as vai sacudindo,
Caem as folhas, secando
Ramos que vão ficando,
A natureza entristecendo,
E uma "estação"  a espreitar!
Anda... vem  comigo...
Vamos ver...
O Outono  Chegar

 ****
Cf

50 comentários:

  1. Bom dia querida Cidália .....adorei essa publicação. Beijos. ♥

    ResponderEliminar
  2. Lindo, colorido e poético convite...beijos,ótimo dia! chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Chica
      Também acho, loool

      Obrigada pela sua visita
      beijos

      Eliminar
  3. Andar de mãos dadas, um pedido carinhoso e de alerta onde o poema me diz, vem logo, o tempo passa.

    abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Paula Parros
      Humm Seria óptimo, loool
      Obrigada pela sua visita.

      Eliminar
  4. Bom dia!!!
    Linda inspiração e excelente leitura para esta manhã de sol, de onde estou, em pleno Outono, a paisagem mudando aos poucos, a primavera chegando...
    Gostoso de ler e sentir a poesia no ar.
    bjs e excelente final de semana
    Ritinha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ritinha

      Obrigada pela tua carinhosa visita
      beijinho, e bom fim de semana.

      Eliminar
  5. Oi Cidália
    Adoro passear no outono, ouvir o barulho das folhas quando passamos, mas gosto mais da primavera que nos floresce a flores no nosso coração apaixonado
    Bela poesia
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Dorli

      Prefiro também a Primavera.
      Mas temos que levar com o Outono.

      beijo

      http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

      Eliminar
  6. Mais um lindo poema seu, que nos encanta!

    http://mundodeariel.blogspot.com/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada,
      Meu canto meu mundo
      Um beijinho, bom fim de semana

      Eliminar
  7. oi Ci

    andar juntinho de alguém que a gente ama é tudo de bom, apreciar a natureza, o canto dos pássaros.. ah isso não tem preço.

    bjokas e que fds seja divinoooo =)

    ResponderEliminar
  8. Vem...deixa as contas. O tempo urge!


    lindo...lindo.

    Obrigada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Margoh
      looool concordo com o dizes (:

      beijo, obrigada pela visita

      Eliminar
  9. LInda poesia Cidália!
    Um ótimo fim de semana para ti.
    abração com carinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Kunti/Elza Ghetti Zerbatto

      Obrigada pela visita

      Bom fim de semana
      Beijo

      Eliminar
  10. Bom dia Cidalia.. aaa falaste versos que muito já fiz tb este caminhar de mãos dadas é algo divino, ainda não fiz isso mas farei e com muito gosto.. obrigado pelo comentario.. gostei muito até sempre amiga

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde Samuel
      Obrigado pela tua carinhosa visita

      Bom fim de semana.
      beijo

      Eliminar
  11. O outono tem um ar tristonho, mas acho muito romântico. Lindo poema amiga, bjus

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga, eu prefiro a Primavera.

      Mas temos que aguentar né? loool
      Um beijo, e obrigada

      Eliminar
  12. O que dizer para não me tornar repetitivo?

    Abraço, Cidália.

    ResponderEliminar

  13. Olá Cidália,

    Primavera chegando por aqui e o outono em sua bela poesia.
    Estações distintas, mas ambas com sua magia.
    E caminhar de mãos dadas dá colorido a qualquer estação.

    Linda poesia.

    Beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Vera Lúcia
      Concordo consigo
      Obrigada pelo carinho
      Bom fim de semana

      beijos

      Eliminar
  14. Que bela ode ao Outono, Cidália! Está a aproximar-se!...
    Muito bonito!
    xx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Laura Santos

      Obrigada pelo teu carinho, que muito perfuma este cantinho.

      beijinho

      Volta sempre

      Eliminar
  15. Irei contigo, caminhar,
    Para onde tu quiseres
    Diz-me onde te posso encontrar
    Teus poemas bem escreves.

    Sem parar, vamos correr
    Atravessar a Ponte Vasco da Gama
    Para chegar ao Alentejo antes do sol nascer
    Tens que te levantar cedo da cama!

    Não te esqueças, é verdade
    Longa será a viagem
    Enquanto houver liberdade
    Há popoilas vermelhas na paisagem!

    Bom fim de semana
    De mãos dadas cá vamos nós
    Para a outra banda
    A cantar em alta voz!

    Um beijo para você amiga Cidália.
    Eduardo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Eduardo

      Que lindas quadras, obrigado
      Resolvi ficar por cá
      Obrigado pela sua visita

      Beijo
      Volte sempre

      Eliminar
  16. Que bom Cidália,o Outono chega ai e para nós,logo entraremos na linda estação Primavera.

    bjs amiga
    Carmen Lúcia-mamymilu.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Carmen Lúcia

      Eu também preferia a Primavera, mas pronto temos que viver assim.. né?
      Obrigada pela sua carinhosa visita

      Um beijo, bom fim de semana.

      Eliminar
  17. Que lindo poetar em espreita ao lindo Outono a chegar por aí!
    Aqui estamos em estado de alegria pela estação florida, mas a vida é assim né amiga?
    Amei seu poema, ah, eu quis dizer em meu poema que o feriado de hoje é fictício, gosto de dizer que dias de "Lua vazia" são feriados!
    Abraços amiga querida!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. olá Ivone
      Mas mesmo sendo fictício, será só amanhã.. ou estou enganada?lol também não é grave (:

      Um beijo e obrigada pela carinhosa visita.

      Eliminar
    2. Não está enganada, o feriado é amanhã sim!Abraços!

      Eliminar
  18. Boa tarde

    Caminhar pela "mata"? De mãos dadas? E isso não é assim, digamos que, perigoso?
    Nunca se sabe quando um cordeiro se transforma em lobo mau, lool
    Bonito poema a fazer lembrar o Outono que está chegando. Parabéns
    Fica feliz

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde

      Se o lobo mau eu encontrar
      Decerto que tu, nunca serás
      Peço-te para me acompanhar
      Pelo medo que tenho de coisas más...

      Obrigado pela tua carinhosa visita
      Bjs
      Volta sempre

      Eliminar
  19. É muito poético, mas o outono pode aguardar um pouquinho?

    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Pérola
      Pois, para vocês sim.. Para nós está a chegar..
      Obrigada pela visita
      beijo

      Eliminar
  20. A natureza manda, estamos na altura de mudar. Custa....mas a natureza manda.
    Beijinhos, Cidália.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite Fátima Lima
      Que bom Ver-te aqui
      Obrigada pela tua visita.

      Beijo, bom fim de semana

      Eliminar
  21. Ai que lindo! Outono sempre foi a minha estação preferida, embora agora eu passe a admirar a beleza de cada estação, ainda tenho algo especial para o outono.
    Ele é ponto de vida, recomeço, transição! É a fênix que renasce das próprias cinzas, é a águia que tira as próprias penas, é o ciclo. É a fase minguante. Reflexões e resguarda. Eu gosto tanto dessa fase. Apesar de perdermos tudo que já não nos serve mais e isso mexer no nosso ego de vez em quando, é uma fase que traz um conforto indescritível! É um aconchego, pura esperança!

    Amei sua poesia. Nada melhor que aproveitar essa fase tão maravilhosa com companhia!

    Grande abraço e bom final de semana!

    http://estante-dos-sonhos.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia Lúcia Fernandes
      Seja bem vinda ao NOSSO cantinho
      Obrigada pela carinhosa visita
      Prefiro a Primavera.

      Visitarei o seu

      Beijo
      Volte sempre

      Eliminar
  22. Cidáliamiga

    Hoje sou eu que assino na nossa um texto intitulado Sermão do Lázaro. Aviso desde já que ele não deve ser lido por damas, meninas, solteiras, casadas ou viúvas, cavalheiros com menos de 98 anos e máximo 99, integrados na ordem democrática vigente, e com sólida formação moral e cívica. Aqui deixo um excerto.

    Teodósio acordou rouco. Rouco? Rouquíssimo. E o sermão? Nisto meditava quando se dirigia à igreja paroquial e por isso disse com decibéis negativos ao sacristão Jaquim. Como iria ser? Ninguém o entenderia com aquele falar roufenho. Uma desgraça!

    Qjs

    Henrique

    /////////////

    NB – Este texto já saiu na Zorra da Boavista e no Ler, escrever e viver… Um homem não chega para tudo. Tende piedade…

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia
      Henrique ANTUNES FERREIRA

      Ok.. ficarei atenta à idade, com certeza que não terei idade para ler, lool.
      Mas visitarei

      Obrigado pela visita
      Abraço

      Eliminar
  23. Show seu poema amiga Cidália!
    Aqui estamos entrando na primavera.
    Mas gosto bastante do Outono, uma estação de equilibrio, um tanto melancólico... inspirador, onde tudo se prepara para a renovação.

    Beijos em seu coração!

    Fernanda Oliveira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia Fernanda Oliveira
      Pois, é o contraste...
      Eu prefiro a Primavera, lool

      Obrigada pela tua visita,beijinho, volta sempre (:

      Eliminar