segunda-feira, 30 de setembro de 2013

História de vida de Esperança


Era uma vez uma menina de nome Esperança,  que para além das marcas da sua infância, quando chegou aos 12/13 anos seus pais decidiram que estava na hora de trabalhar, tirando-a da escola, aos 12 anos
Então o seu primeiro trabalho foi num restaurante, onde fazia de tudo desde, cozinha, servir ás mesas, e trabalho interno... mas sendo criada de servir, dormia lá.
Não durou muito tempo porque entretanto teria que voltar à escola para fazer o 5 e 6 ano… Apenas concluiu os primeiros 3 meses de ciclo. Depois das férias de Natal, não mais voltou.
Voltaria a ir “servir”dos 13 aos 15 anos, passando por vários trabalhos, desde casas particulares a restaurantes, aguentava pouco tempo em cada trabalho, pois achava que não era pássaro de gaiola, as saudades de casa eram algumas… (percorrendo vários trabalhos diferentes.)
Seus pais sempre faziam força, arranjado para onde ir, em casa é que não podia estar!
Nem se olhava a meios ou condições…Um dia arranjou de novo para um restaurante, onde o dono era amigo de seu Pai, ora logo tudo tinha que dar certo, aos olhos do Pai, o patrão seria a melhor pessoa, nada que lhe fosse dito contra, iria acreditar.
Trabalho esse que durou 9 meses…durante esse tempo, alguns contratempos  foram acontecendo.
Foi um trabalho onde aprenderia muita coisa, a nível de cozinha, mas também passou coisas horríveis…Mas, nunca poderia dizer nada a seus Pais, pois nunca acreditariam nela e, pensariam que não queria era trabalhar… dava jeito o dinheiro que iam buscar ao final de cada mês...
A Esperança foi sofrendo!
 (...) *
Continua.

Cidália Ferreira.                                                                                 

69 comentários:

  1. Lindo comnto e se der, pretendo acompanhar! beijos praianos,chica

    ResponderEliminar
  2. Bom dia Cidália
    E vamos aguardar as surpresas que virão. Tomara que sejam só coisas boas.

    “A melhor alegria da vida é saber que nunca estamos sós, que a cada momento renascemos para a vida e em cada renascer brota a alegria de saber que existem pessoas como você”. A tua amizade é preciosa para mim. Gosto muito de você!
    Beijos com meu carinho e ternura
    Gracita

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Gracita,
      Obrigada pelo seu carinho.
      Beijo, volte sempre

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Olá Ricardo
      Obrigado pela tua carinhosa visita,
      Beijo.

      Eliminar
  4. oi Ci


    vou esperar um final cheio de esperança, para nosso heroína.

    bjokas =)

    ResponderEliminar
  5. Nossa que triste! Tamara que tenha um final feliz!
    Tenha uma ótima segunda flor!
    Bjkinhas...

    http://artedepintarunhas.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ariane Alves
      Sim tomara que sem..
      Obrigada pela visita
      Beijo

      Eliminar
  6. Por muito que sofra, a Esperança é sempre a última a morrer...........
    No fundo, quanta desta «esperança» existe por todo o Mundo, incompreensível ????? ....mas essa incompreensão, também serve de alerta e como reflexão.
    Que a "Esperança" não traduza em ódio as sua memórias e consiga sempre, separar o trigo do joio. Ainda com excessos, as más memórias podem servir-nos para olhar o Mundo de forma mais solidária !!!!!!!!
    Obrigado.....Esperança !!!!!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa Tarde Sr Armando Ribeiro
      Pois... Vamos aguardar pelo final..
      Obrigado pela sua visita

      Abraço.

      Eliminar
  7. E assim é a infância e adolescência de muitas crianças... Mas para algumas a vida sorri, espero que para essa menina tenha sido assim. Bjus

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde Nádia.
      Sim é verdade..
      Beijinho, obrigada pela visita carinhosa

      Eliminar
  8. Vamos aguardar pelo término desse lindo conto amiga
    Cidália.
    Espero que tenha um final feliz.
    bjs
    Carmen Lúcia-mamymilu.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde Carmen Lúcia
      Aguardamos então..
      Beijo e obrigada pela sua visita.

      Eliminar
  9. Enquanto há vida, há esperança
    Acaba a vida, a história continua
    Não morre a saudade nem a lembrança
    Ficam com tristeza e com a amargura!

    A tristeza e a amargura,
    Serão quase a mesma coisa
    Mata mais do que cura
    A doença não é coisa boa!

    A tirania também não
    Sofrimento sem felicidade
    Lutar contra os tiranos de repressão
    Para se encontrar a liberdade!

    Boa tarde desejo para você,
    amiga Cidália Ferreira.
    Um abraço
    Eduardo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite Eduardo..
      Lindas quadras, obrigado, volte sempre

      Abraço.

      Eliminar
  10. Oi Cidália,
    Já estou até imaginando o final: uma mulher triste e desiludida com os homens e nada faz para reverter esse caso.
    Se eu fosse contar, pex: a minha auto-biografia eu morreria e não teria fim.
    Essa sua personagem sofreu muito e deve sofrer até hoje. É uma pena, se do jeito que penso, pois temos que dar voltas por cima dos problemas e ser feliz, pois passado é passado.
    Vou aguardar os capítulos vindouros...
    Até contista.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite Dorli
      Pois... é um facto.
      Obrigada pela sua visita carinhosa.. beijinho
      Volte sempre

      Eliminar
  11. Olá querida Cidália, quero acompanhar essa história pra ver se essa menininha vai ficar bem ou não no final. poxa que tristeza de vida essa menina tinha!
    Espero que ela tenha se realizado, em estudos, trabalhos e amores, que tenha um belo e lindo final... Parabéns me avise tá! Meu blog não me avisa as leituras de todos os seguidores, que é uma pena, perco de ler muitas maravilhas.

    Tenha uma linda-segunda!!!

    Maria Machado

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite Maria Machado..
      Sim vai ter continuação, lool
      Nada se faz sem sofrer não é verdade?
      Obrigada pela sua visita.
      Beijo

      Beijinho e vote sempre

      Eliminar
  12. Boa tarde Cidalia.. deixou de lado a poesia para uma historia.. esta ficando legal.. eu que tento e tento e não sai nada nesse sentido bjs lindo dia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite Samuel
      Pois apeteceu-me variar um pouco...afinal o nome do blogue éCoisas de uma vida... tudo pode acontecer..
      Obrigado pela tua visita.

      Beijo

      Eliminar
  13. Olá Cidália! Quantas histórias de vida assim complicadas existem por esse mundo fora! Quanto sofrimento em silêncio. Aguardo o final...será feliz?!
    Um abraço.
    M. Emília

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Maria Emilia Moreira
      Seja bem vinda. É verdade quantas né? quantas...
      Aguardamos o final.


      Beijo, obrigada pela visita.

      Eliminar
  14. Olá Cidália,

    Uma história de vida que começa triste, mas que,com certeza, terá um final feliz. O sofrimento traz amadurecimento, fortalecimento e aprendizado. Os pais de outras épocas não eram com a maioria dos pais de hoje, que colocam o bem estar e o estudo dos filhos em primeiro lugar.
    Aguardo a continuação da história desta menina chamada Esperança.

    Ótimo dia.

    Beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite Vera Lúcia
      Pois tem toda a razão.. o amadurecimento foi muito cedo...
      Obrigada pela sua carinhosa visita

      Beijo
      Volte sempre

      Eliminar
  15. Aguardando o próximo capítulo. Uma situação que é de muitas crianças ainda hoje. Mas a dor é sempre única.
    abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Paula Barros
      É verdade, acontece ainda hoje...

      Obrigada pela tua visita carinhosa.
      beijo

      Eliminar
  16. Nossa Cih to aqui me corroendo pra saber o restante...sério...Amanha tarei aqui certio que sim...
    beijos
    Menina Diva da Moda|##|Bjs que Deus te abençoe!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Luana
      Ainda bem que "gostas" lool conto contigo amanhã para continuares a ler..
      Beijinho e volta sempre.

      Eliminar
  17. Boa tarde!!
    Não vou perder a continuação, quer ver a Esperança se dando bem.
    bjs
    Excelente semana
    Ritinha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ritinha
      Beijinho e obrigada pelo teu carinho,

      Volta semper

      Eliminar
  18. Espero um desfecho surpreendente!
    bjs
    Ritinha

    ResponderEliminar
  19. Estou a pensar que se essa será uma história inventada ou uma autobiografia....
    Eu também comecei a trabalhar num restaurante aos doze anos nas férias da escola, era para trabalhar 3 meses, mas só trabalhei um mês porque os patrões eram tão bons que depois de lavar loiça e fazer todo o tipo de limpeza no restaurante, ainda ia para a casa deles esfregar chão de joelhos. Além disso ainda me roubaram o meu primeiro relógio que me tinha sido oferecido nesse ano. O resto do tempo fiz praia...:-)
    xx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Laura
      Pois... e pensas bem... com o desenvolvimento verás, lool
      Antigamente era assim, depois claro.. como "queria-mos" liberdade.. há que casar cedo, loool

      Beijinho grande.. obrigada pela tua visita carinhosa..

      Eliminar
  20. Aguardo o próximo capítulo.
    Beijo para ti amiga
    maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Querida amiga Marley
      Que bom que vê-la aqui... fico feliz...

      Uma beijoca grande.
      Volte ok?

      Eliminar
  21. Olá Cidália!

    Em pleno século 21, as crianças sofrem com a exploração, mas a Esperança para um dia melhor, há de chegar.

    Gostei do seu capítulo

    Abraços.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite Nati Caetano
      Seja bem vinda
      É verdade, tem toda a razão.

      Obrigada pela visita carinhosa

      Abraço

      Eliminar
  22. Respostas
    1. Boa noite
      Jéssica Coelho, bem vinda ao meu blogue.

      Beijo, volta sempre.

      Eliminar
  23. Olá, Cidália!

    Há muitas "Esperanças" por aí, ainda, com muitas marcas, no corpo, mas sobretudo, na alma, e essas são as mais difíceis de fazer desaparecer, de apagar.

    Os tempos eram outros, e as mentalidades, INFELIZMENTTE, também.

    Espero que esta Esperança, HOJE, não viva desses momentos tristes e marcantes. Estamos em 2013 e a mulher tem um papel predominante na nossa sociedade.

    VALORIZE-SE! É GRATUITO!

    A CIDÁLIA TEM O DIREITO DE SER FELIZ. INTERIORIZE ESSA ATITUDE, AME-SE E MIME-SE MUITO.

    Boa semana.

    Beijos da Luz.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite Luz

      Concordo na integra consigo...
      Obrigada pela sua visita carinhosa..
      Beijinhos

      Eliminar
  24. Me cuesta un poco entender por la traducción Cidália, pero lo veo triste, entiendo es por capítulos, esperaré el siguiente.

    Un beso

    ResponderEliminar
  25. Que vida amargurada.
    Só pode ter desfecho feliz(?)

    bejos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Pérola..
      Pois, acompanha os próximos, lool depende do ponto de vista.

      beijo obrigada pela tua visita.

      Eliminar
  26. Bom dia Cidália, é um conto que esperamos seja de bom final, mas a vida imita a arte ou a arte imita a vida, sendo assim...
    Abraços minha amiga, voltarei à acompanhar!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ivone
      Já está postado a parte 2..

      Obrigada pelo carinho..
      Beijo

      Eliminar
  27. Hoje postei um texto meu queria
    muito ver seu comentário,
    pois de vez em quando
    rasgo aquilo,
    que esta dentro do meu coração gritando.
    A minha felicidade é saber a opinião
    de pessoas como você.
    Com longos anos com blog procurei levar paz e muito amor
    costumo também falar do amor de Deus por todos nós.
    Eu passei e paço por momentos graves mais nada
    nesse mundo tira minha alegria e vontade de viver.
    Foi fácil querer bem você sua simplicidade
    com seus comentários tão carinhosos
    acariciando meu coração.
    Tenho um lindo dia abraços , Evanir.
    Minha amiga vou acompanhar sua postagem deixar
    meus comentários depois da conclusão acredito será um
    fim bom de se ler tal como começou.
    Obrigada pelos comentários e visitas constantes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Evanir
      Vou seguir..
      Obrigada pelo seu carinho.. já está postado a parte 2

      beijos~
      Volte sempre

      Eliminar
  28. Bom dia querida ,vemos muitas coisas dessas por ai, mas quero ver o final ,tomara que seja feliz para ela bjuss de bom dia

    └──●► ¸.·*Rita!!


    └──●► ¸.·*Rita!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Rita.
      Pois é uma verdade... Veremos como vai ser o final.
      Beijinho
      Volte sempre.

      Eliminar
  29. Olá Cidália

    Aguardando o final desta história. Desejo um belo dia amiga. Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Lucinalva
      Já saiu o segundo
      beijo e obrigada pelo carinho

      Eliminar
  30. Belo conto ou depoimento,amiga?

    Retratou com fidelidade a vida de tantas mulheres_esperança que existem.

    Amei e vou tentar acompanhar todos.


    Beijinhos e obrigada por compartilhar do aniversário de meu blog.


    Dryka


    http://www.suasenossas.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Adriana Paz
      No final se saberá se é conto ou realidade. looool
      Obrigada pelo carinho

      Beijinho

      Eliminar
  31. Boa tarde Cidália, temos tantos amigos em comum que fiquei com muita vontade de vir te visitar! Seguindo é claro!
    Quero muito acompanhar o desfecho desta história que é tão realista no nosso país.

    Se quiser conhecer meu cantinho o link é:

    Meu link: http://euzizi.blogspot.com.br

    Beijinhos em sua alma...

    ResponderEliminar
  32. *** ZIZI *** PARA OS AMIGOS!!! ##
    Obrigada pela sua carinhosa visita... amanhã sai o ultimo.

    Beijos
    Visitarei já..

    ResponderEliminar
  33. Olá,
    O que conta passa-se infelizmente na vida real, ainda existe pais que acham que a escola não serve para nada, pouco se importam com o patrão da filha que é sempre considerado uma excelente pessoa.

    Abraço

    ag

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ag
      É uma verdade....
      Obrigado pela visita.
      Abraço

      Eliminar
  34. Olá, boa noite!

    Bem... vamos esperar pelo resto da história,
    com esperança!

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  35. Querida Cidália
    É uma boa contadora de histórias! Faz-me lembrar a heroína do filme«África minha». Muitos parabéns.
    Beijinhos da
    Beatriz

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Beatriz de Bragança

      Quem mais conseguiria contar esta história que não eu??Pois.


      Obrigada, beijinho grande

      Eliminar
  36. Cara amiga Cidália, eu que penso quase sempre que dificuldades de vidas sofridas acontem apenas no meu país e em outros país periféricos, fiquei surpreso ao ler vosso relato.
    Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma linda semana.

    ResponderEliminar