terça-feira, 28 de maio de 2013

Caminho em passos apressados.


Caminho pela Rua em passos apressados
Como se na vida o mundo fosse loucura
Na alma levo meus amigos abraçados
No coração a família em graça pura

Nos lábios um sorriso de felicidade
Que por momentos não contenho
Por sentir na alma amor e saudade
Da família amada, linda, que tenho

No segredo  em isenta melodia
Grito ao mundo a minha alegria
Num gesto de pureza quase nua

Silêncios, amores puros, sem falsidade
Pensando naqueles que amo de verdade
Caminho em passos apressados pela Rua

Eu.


13 comentários:

  1. Adorei o poema que mostra uma sensibilidade impar de um coração que ama os seus ente queridos.

    ResponderEliminar
  2. Poesia não será de todo um dos meus temas favoritos. Mas, gostei de ler! e se for de autoria própria dou-lhe os meus parabéns!!!!

    Marciano

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois.. Depois de uma ida à rua a fim de arejar, ao olhar para o céu nublado, pensem nisto, começaram-me a sair umas frases que se encaixavam... pensei e por não escrever no meu blogue?? Apenas um momento de inspiração.

      SIM, É MEU... tenho outras poesias!

      Eliminar
  3. Parabéns, está um poema cheio de sentimento. Gostei muito do blogue, que está muito feminino e agradável de visitar,desejando-lhe as maiores felicidades

    ResponderEliminar
  4. Respostas
    1. Obrigada Amiga, sem ti, nada disto tinha sido possível.
      Beijinho.

      Eliminar
  5. Estou muito longe mas não me esqueço das pessoas amigas que tenho em Portugal. Dou os parabéns pela feitura do blog que vai ser um sucesso de certeza absoluta porque a Cidália merece que assim seja. Bonito poema que mostra toda a grandeza de um lindo coração

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para mim é uma honra em "ver" aqui o amigo Pedras...Sê bem vindo...
      À Quanto tempo hein??
      Obrigado pela mensagem... Já agora podes ser seguidor. lool

      Abraço Glorioso.

      Eliminar
  6. Cidália,querida Amiga
    Que lindo poema e que bonito seria que alguém o musicasse para ser cantado em fado! Não conheces ninguém que faça isso?
    Grande abraço
    maria

    ResponderEliminar
  7. Em Aveiro não há só moliceiros e ovos moles.
    Também há Poetizas com muito sentimento.

    ResponderEliminar